Gelo e Fogo – Neve e Cinzas Livro 2

Gelo e Fogo
De Sara Raasch

Sinopse oficial: Faz três meses que os invernianos foram libertados e o rei de Primavera, Angra, desapareceu — graças, em grande parte, à ajuda de Cordell. Meira só quer que seu povo esteja a salvo. Quando a dívida com Cordell força os invernianos a cavar nas minas em busca de pagamento, o que eles encontram é algo poderoso e possivelmente perigoso: o abismo de magia perdido de Primoria. Para Theron, isso é motivo para alegria e esperança — com essa imensa fonte de magia, seria possível finalmente se armar contra ameaças como Angra. Mas Meira sabe que, da última vez que o mundo teve acesso a tanta magia, os resultados foram dramáticos. Então, quando o rei de Cordell manda os dois em uma missão para atravessar os reinos de Primoria e desvendar os segredos do abismo, Meira planeja usar a viagem para conseguir apoio para destruí-lo, o que faria Inverno permanecer em segurança e Theron ficar furioso. Mas ela será capaz de completar sua missão sem colocar em risco aqueles que ama?

Mather só quer ser livre. Os horrores infligidos aos invernianos permanecem frescos na memória e em Jannuari, o que deixa o reino de Inverno vulnerável à opressão crescente de Cordell. Quando Meira deixa o reino em busca de aliados, Mather decide tomar a iniciativa e defender a segurança de seu povo. Será ele capaz de reconstruir seu reino e protegê-lo de novas ameaças? Conforme a teia de mentiras e a batalha pelo poder se fecha, Theron luta pela magia, Mather, pela liberdade — e Meira começa se perguntar se não deveria estar lutando não por Inverno mas sim por toda a humanidade.

Minha opinião: eu AMEI o primeiro livro, então as expectativas para esse volume estavam BEM altas! Acho que isso derrubou um pouco minha empolgação quando já nos primeiros capítulos vi uma história mais morna e voltada para a política… mas a história não foi ruim, pelo contrário! A única coisa que faltou foi o ritmo que tivemos antes – a ação de verdade só foi aparecer nos últimos capítulos.

O enredo, como eu disse antes, foi todo trabalhado na política e as ações que envolvem ser rainha e ter que tomar decisões envolvendo um reino. Não era de se estranhar que a Meira fosse se desfazendo em pedaços e virando outra pessoa devido à pressão e tudo mais. Mas eu gostei de ver a progressão da personagem e confesso que fiquei animada nos últimos capítulos! Ela se tornou uma líder e uma guerreira – eu adoro essa personagem mesmo! ❤ rs

Temos agora o ponto de vista do Mather também! Eu logo pensei: “ponto de vista do Mather? Então já era meu Shipp da Meira com o Theron né. :P” kkkkk Mas a esperança é a última que morre, minha gente, eu ainda tenho fé de que vai rolar alguma coisa entre esses dois! HAUHUAHUHAA #iludida

Voltando: o ponto de vista dele foi importante para vermos o que acontece em Inverno depois que a Meira vai embora visitar outros reinos. Eu achei uma ótima sacada!

Achei tudo muito inteligente. Claro, eu cheguei a desvendar uma coisinha ou outra mas, no geral, foi surpreendente! Temos a adição de mais uma personagem que já sei que terá seu próprio ponto de vista no 3º livro também, então estou ansiosa para ver onde vamos chegar…

Ah! preciso mencionar que eu AMO esse mundo criado pela autora com os reinos estação e magia. Eu morri de inveja do povo de verão que nunca sentia calor, kkkk. MEU SONHO é nunca sentir calor porque quando passa dos 25º eu já fico morrendo com pressão baixa e mau estar rsrsrs. #amofrio

Enfim, recomendo! Já quero ler o próximo. 😉

Bjs
Marina

Neve e Cinzas – Neve e Cinzas Livro 1

neve_e_cinzas_1462849955583560sk1462849955bNeve e Cinzas
De Sara Raasch

Sinopse oficial: Dezesseis anos atrás o Reino de Inverno foi conquistado e seus cidadãos, escravizados, sem família real e sem magia. A única esperança de liberdade para o povo do reino jaz nos oito sobreviventes que conseguiram escapar, e que seguem esperando uma oportunidade para recuperar a magia de Inverno e reconstruir o reino.

Meira, uma órfã desde a derrota de Inverno, passou a vida inteira como refugiada, criada por Sir, o general dos invernianos. Treinando para se tornar uma guerreira — e desesperadamente apaixonada pelo melhor amigo e futuro rei, Mather —, Meira faria qualquer coisa para ajudar o Reino de Inverno a retomar seu poder. Então, quando espiões descobrem a localização de um medalhão antigo capaz de devolver a magia ao reino, Meira decide ela mesma encontrá-lo.

Finalmente ela está escalando torres e lutando contra soldados inimigos como sempre sonhou. Mas a missão não sai como planejado, e logo Meira se vê mergulhada em um mundo de magia maligna e poderosos perigosos. De repente, ela percebe que seu destino não está, e nunca esteve, em suas mãos.

Minha opinião: eu tinha ouvido diversas coisas a respeito desse livro: “parece Game of Thrones” ou “Magia e guerras na medida certa!”, então formei uma certa imagem desse livro na minha mente onde eu imaginava… bom, uma coisa completamente diferente da história que eu li. E eu AMEI!

No começo, mais ou menos até o terceiro capítulo, somos jogados na história meio abruptamente… demora um pouco para entender e assimilar os reinos, os condutores, a magia e o cenário. Porém, passando essa fase o livro se torna viciante! Li numa tacada só e lembro exatamente de um momento em que eu saí do metrô, em plena avenida, com o livro na mão sem querer nem largar para atravessar a rua. Nesse momento eu pensei: estou perdidamente apaixonada por essa leitura. ❤

A Meira (achei um pouco estranho esse nome mas ok) é uma excelente protagonista. Eu detesto quando as autoras criam uma menina de 16 anos com cabeça e atitudes de uma de 26, então que surpresa boa descobrir que essa adolescente era de fato uma adolescente! Rsrs teve birra, teve manha, teve drama, chilique e muito, mas muuuitoooo amadurecimento. Ela é uma boa protagonista, bem forte mesmo, e eu adorei o rumo que a história tomou e o desfecho dessa personagem.

Teve triângulo amoroso sim! (Palmas) Mas não tivemos muito romance não, foi, digamos assim, a mistura perfeita de romance, força, coragem e destino. (Ok, eu amei muito, estou puxando o saco mesmo kkkkk)

Amei o enredo e a escrita. O cenário dos reinos Ritmo e reinos Estação pra mim foi bem inovador e eu claro que, se pudesse, seria de Inverno ou Outono, porque Deus me livre passar calor o ano inteiro! Huahuahua

Bom, é isso pessoal. Recomendo demais esse livro, PRECISO ler os próximos volumes e amei a história. 🙂

Bjs
Marina