Incendeia-me – Trilogia Estilhaça-me Livro 3

INCENDEIAMEIncendeia-me
De Tahereh Mafi

Sinopse: O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho do O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.

Minha opinião: Ai gente… que final mais PERFEITO! *-* Amei, amei, amei!!!!

Essa trilogia é uma das melhores que já li e agora, nesse volume, finalmente temos uma Juliette mais certa de quem ela é, do que é capaz e o que ela quer. E ela é forte, muito forte! Então como não amar uma menina que inicialmente era frágil e debilitada emocionalmente e que acabou se tornando uma mulher centrada, equilibrada e muito digna de todo o poder que possui?

Nesse último livro graças a Deus temos um desfecho para o triângulo amoroso mais quente dos últimos tempos: Adam – Juliette – Warner. Preferências a parte, preciso dizer que a autora foi justa e leal aos sentimentos da personagem principal. Afinal, uma pessoa em constante mudança com certeza precisa de amores que acompanhem sua trajetória.

Sobre os outros personagens, fiquei muito carente de um conto ou algo do tipo partindo do ponto de vista do Kenji que, na minha humilde opinião, se destaca muito e rouba todas as cenas. Inclusive ele roubou meu coração. Mentira! Rsrs meu coração pertence inteiramente ao Warner. ❤

Foi um belo final. Acho que podia ter um capítulo a mais falando do futuro, mas gostei de como tudo se encerrou e principalmente do rumo da história. 🙂

Achei perfeito! A autora escreve muito bem e a leitura de todos os volumes é muito fluida. Embora os livros pareçam grandes, as letras também são e o ritmo é acelerado, então tudo passa voando!

Uma curiosidade é que no primeiro livro quase todos os pensamentos da Juliette são riscados, no segundo temos alguns ainda riscados e no terceiro não temos nenhum. Isso foi uma tática da autora para mostrar como a personagem evoluiu para finalmente pensar o que quer e ter total confiança disso. Muito legal! 😉

Enfim, recomendado demais!!!

Bjs
Marina

Fragmenta-me – Trilogia Estilhaça-me Livro 2.5

FRAGMENTAMEFragmenta-me
De Tahereh Mafi

Sinopse: Fragmenta-me é um conto narrado do ponto de vista de Adam, respondendo as principais dúvidas após o final de Liberta-me.

Enquanto o Ponto Ômega se prepara para lançar um ataque-surpresa contra os soldados do Reestabelecimento a postos no Setor 45, o foco de Adam está bem longe do campo de batalha. Ele está se recuperando do rompimento com Juliette, apavorado pela vida do seu melhor amigo e preocupado como sempre com a segurança do seu irmão James.

E justo quando Adam começa a pensar se aquela vida é mesmo para ele, o alarme soa. É hora de começar a guerra. No campo de batalha, é como se tudo estivesse a seu favor – mas derrubar Warner, que Adam descobriu recentemente ser seu meio-irmão, não é fácil.

O Reestabelecimento não tolera rebeliões, e por isso fará qualquer coisa para massacrar a resistência… inclusive matar a todos que são importantes para Adam.

Minha opinião: Embora eu não goste do Adam, foi muito bom saber o que aconteceu com o pessoal do Ponto ômega durante a ausência da Juliette.

Como só temos o ponto de vista dela nos livros, ficamos curiosos sobre as cenas em que ela não está presente, então compensa mesmo ler esses contos, pois se antes conhecemos o Warner bem (e eu acabei me apaixonando por ele), dessa vez entendemos o que se passa na cabeça do Adam, como ele pensa, como funciona sua mente… e devo dizer que a cabeça do Warner é mil vezes mais interessante! kkkk

Uma coisa bonita neste conto é a relação de Adam com James, seu irmãozinho. É muito grande o sentido da família, então algumas cenas são tocantes, e nos fazem pensar se não faríamos tudo da mesma forma que ele.

Kenji é um personagem que já vinha ganhando destaque na história e que, na minha opinião, roubou as cenas até mesmo no conto. Gosto muito dele, da presença dele, do modo que ele pensa… Podia ser ele disputando a Juliette em vez do Adam rsrrsrs

A escrita dessa autora é muito leve e fluida, então senti que a leitura passou voando!

Ah! acabei descobrindo que ela realmente se inspirou na Vampira, do X-Men e em toda essa história para criar o livro, então a única coisa que eu tinha contra ela já não é mais válida… rsrs

Enfim, sei que sou totalmente #teamWarner, mas respeito que gosta do Adam e aposto que pessoas de ambos os times irão gostar. 🙂

Bjs
Marina

Silo – Silo Livro 1

SILOSilo
De Hugh Howey

Sinopse oficial: O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade? Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo.

Em uma paisagem destruída e hostil, em um futuro ao qual poucos tiveram o azar de sobreviver, uma comunidade resiste, confinada em um gigantesco silo subterrâneo. Lá dentro, mulheres e homens vivem enclausurados, sob regulamentos estritos, cercados por segredos e mentiras.

Para continuar ali, eles precisam seguir as regras, mas há quem se recuse a fazer isso. Essas pessoas são as que ousam sonhar e ter esperança, e que contagiam os outros com seu otimismo.

Um crime cuja punição é simples e mortal.

Elas são levadas para o lado de fora.

Juliette é uma dessas pessoas.

E talvez seja a última.

Minha opinião: Não foi o que eu esperava. Não que não tenha sido bom, apenas não era essa a ideia que eu tinha em mente quando comecei a ler o livro.

Para começar, ele se diferenciou pelo fato de que nenhum dos protagonistas eram adolescentes ou jovens adultos. A maioria deles era maior de 30 e poucos anos. Alguns já eram até idosos, então não é que eu não goste de protagonistas adultos, mas estava esperando algo mais na linha de Divergente e Jogos Vorazes com protagonistas mais jovens. Foi apenas diferente.

Outra coisa é que demorou muito para a “heroína” aparecer. O livro é dividido em 5 partes e ela só aparece na terceira (ou no final da segunda… não lembro). Depois, quando já estava na metade do livro, é que fui entender que o autor escreveu vários contos e que esse livro é um compilado dos 5 primeiros contos a respeito do SILO. Depois dessa informação entendi que os dois primeiros contos foram uma espécie de introdução, e consegui seguir melhor o raciocínio dele.

Fora esses aspectos diferentes, senti que ele se assemelhou mesmo a um clássico! Na capa está escrito isso, mas eu não achei que essa informação fosse tão precisa. Ele é MUITO bem escrito, MUITO bem elaborado, bem composto… é uma super história cheia de entrelinhas e um certo “terror” psicológico também. A pressão que você sente ao ler o livro é muito forte. Eu fiquei genuinamente abalada!

E é uma história triste, desesperadora… uma perfeita distopia! Senti que ele conta uma história fabulosa, marcante e perturbadora que ficará nas minhas lembranças por um bom tempo.

A narrativa é tranquila e feita sobre diversos pontos de vista. No final ficamos LOUCOS com essa divisão, porque queremos acompanhar um caminho mas toda hora temos que ver os outros… é tenso mesmo!!!

Então realmente gostei e recomendo esse livro, mas agora vocês já sabem que não é uma distopia semelhante às outras até então… é um clássico, muito mais adulto e sinistro.

Bjs
Marina

Liberta-me – Trilogia Estilhaça-me Livro 2

LIBERTAMELiberta-me
De Tahereh Mafi

Sinopse oficial: Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette.

Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida.

Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.

Minha opinião: FAN-TÁS-TI-CO!!!

Esse livro foi uma emoção atrás da outra! Muitas revelações, amor, guerra, alegrias, tristezas, solidão.. tudo junto!

Claro, não consigo deixar de fazer uma comparação com X-men, mas apesar disso a história é MUITO boa e a narrativa é muito rápida! No começo até me assustei um pouco com o tamanho do livro, mas li ele inteiro em uma noite, de tão bom!

A Juliette não mudou nada nesse volume, ela continua a mesma e isso me deixou muito feliz, porque gostei demais dela! Conseguimos conhecer melhor os outros personagens da história como Kenji e Caleb, então foi bem interessante e mais dinâmico que o primeiro livro.

Depois de terminar Estilhaça-me, eu estava apaixonada pelo Adam, mas quando terminei Destrua-me estava AMANDO o Warner e preciso dizer: OH MY GOD! O Warner está com tudo nesse livro! Ele é lindo, quente e eu o amo! ❤ ❤ ❤ rsrs

O final foi muito bom e eu particularmente gostei demais da última cena. PRE-CI-SO ler o próximo o mais rápido possível, e recomendo a todos a leitura!

Bjs
Marina

Destrua-me – Trilogia Estilhaça-me Livro 1.5

DESTRUAMEDestrua-me
De Tahereh Mafi

Sinopse: Este original digital da série irá preencher a lacuna entre os dois romances iniciais, a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45.

Em estilhaça-me, Juliette escapou do restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas ela vai aprender em Destrua-me que Warner não é tão fácil de se livrar. . . De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor.

Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la e trazê-la de volta. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir.

Minha opinião: AMEI!!!

Quando li estilhaça-me pensei: Rá! Que Warner o quê, o Adam é o cara para a Juliette! Mas, ao ler esse livro, descobri que Juliette e Warner são almas-gêmeas!

Vemos um lado do Warner nesse livro que não conseguimos ver no primeiro, e confesso que ele é muito mais humano, fofo e sensível do que eu esperava. Será possível que me apaixonei por ele? rsrsr

Recomendo a leitura deste livro a todos que pretendem acompanhar a série. Assim como no primeiro volume ela é muito tranquila, fluida e gostosa! E o melhor: de graça! \o/

Para baixar seu exemplar é só clicar nesse link e fazer um cadastrinho bem curtinho: download

Bjs
Marina

Estilhaça-me – Trilogia Estilhaça-me Livro 1

ESTILHACAMEEstilhaça-me
De Tahereh Mafi

Sinopse: Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal.

Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula.

Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Minha opinião: Comecei a ler esse livro sem muita pretensão. Ele ficou uns dias na minha estante – olhando pra mim e eu olhando pra ele – até que resolvi dar uma chance. Resumindo: amei! ❤

No começo do livro é tudo muito confuso, ela está presa e jogam outra pessoa com ela (Adam – gato, fofo e ligeiramente familiar…). É muito legal ver a evolução de alguém que está presa há tanto tempo em relação à interação com outras pessoas, e ficamos sabendo bastante sobre o mundo atual.

Logo depois temos outro momento no livro, fora da prisão e com muitos personagens novos, traições e inclusive Warner, um cara louco porém muito atraente que quer Juliette a qualquer preço. Adam, Warner e Juliette formam o triângulo amoroso do livro.

MUITAS revelações e muita ação acontecem até o terceiro momento do livro que, ao meu ver, é idêntico aos filmes e quadrinhos X-men. Se não fosse por este final teria sido um dos livros mais perfeitos que eu já li, mas não gostei muito dele.

Óbvio que isso não me deixa desmotivada para ler a continuação (Liberta-me), que inclusive está me esperando na minha estante rsrs 😉

A narração é muito gostosa, o romance é na medida exata e a história é muito boa, então recomendo para todos!

Bjs
Marina