A Batalha do Apocalipse

Oi pessoal,

Bom, demorei um pouco para escolher o livro que inspiraria meu primeiro post e acabei escolhendo um livro brasileiro:

 A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr

 Sinopse oficial: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

 Minha opnião: Antes de ler o livro fiquei preocupada se seria muito religioso ou focaria muito nos anjos… porque não me interesso muito pelo tema “anjos” e “batalhas entre o Céu e o Inferno”.. para vocês terem uma idéia o único nome de anjo que eu sabia era o Gabriel.. e isso por causa do filme Constantine.

Apesar disso acabei comprando o livro porque não consigo resistir a uma aventura! Não me arrependo, já que o livro tem uma visão bem menos “angelical” sobre os anjos (quem leu o livro vai entender sobre o que estou falando) e apesar de ter como pano de fundo a luta entre o Céu e o Inferno, foca na história de Ablon (o Anjo Renegado): suas viagens, experiências, seu papel nesta batalha, e rola até mesmo um romancezinho…

Gostei do livro, mas achei que em alguns momentos foi necessário um pouco de insistência para continuar a ler o livro (alguns momentos = lembranças da china), fora isso o livro em si é muito interessante.

Se você é daqueles que não se dá bem com autores detalhistas ou se perde facilmente na história, este livro não é para você.

Agora, se você, assim como eu, adora uma aventura, batalhas, mistério, diferentes culturas, e ser transportado a épocas diferentes vale à pena conferir!

bjuss

Julia