A Culpa é das Estrelas – Filme

culpa

Oi pessoal, tudo bem?

FINALMENTE assisti o filme A Culpa é das Estrelas para poder comparar com o livro e dizer honestamente para vocês o que achei: ADOREI!!!!!

Como vocês sabem, eu não gostei nadinha do livro (ver aqui) mas estava esperançosa com o filme, achando que seria muito melhor… e devo dizer que foi exatamente isso – achei o filme 1 milhão de vezes melhor que o livro, conseguindo transmitir toda a emoção que, para mim, faltou nas páginas.

Durante a leitura senti que tudo era muito mecânico e sem emoção… o único personagem que me conquistou de verdade foi o Gus, mas mesmo assim não consegui chorar pela situação deles.

Nas telinhas a coisa muda de figura. Ao meu ver o maior crédito vai para os atores que conseguiram dar um show de interpretação e me conquistar completamente!!!

IMG-20131102-WA0006

Depois de Divergente eu já sabia que a Shailene Woodley (Hazel) era boa atriz, mas em A Culpa é das Estrelas ela está FANTÁSTICA!!! Meu Deus, ela interpreta MUUUITOOOOO!!! Parabéns! E o Ansel Elgort (Augustus) foi o Gus perfeito. Eu não dava nada para ele antes de ver o filme – inclusive depois de ver Divergente – mas o que um charme de um personagem não faz, certo? ❤ Muito amor para ele!

A trilha sonora é perfeita também. Se encaixa perfeitamente nas cenas e juro que chorei umas lagriminhas!!! Na verdade estava me segurando para não chorar na frente da minha família, então acho que se estivesse sozinha ia ter aberto um berreiro! rsrsr

Na minha opinião as melhores cenas são as que envolvem a mãe dela e as que envolvem as cartinhas de “adeus”. Foram momentos muito bonitos e que me tocaram mesmo. Mas um destaque merecido é para o final – ele inteiro foi maravilhoso! 🙂

novo-trailer-a-culpa-é-das-estrelas-sobre-pop-2014-capa

Então resumindo: recomendaria o filme para todos, mas o livro para ninguém… que coisa, é bem raro um filme superar o livro, mas para mim não tem dúvidas – o filme ganhou por muitos pontos!!!

Enfim, lembrando que essa é a MINHA opinião gente rsrsrs queria saber de vocês: alguém já leu e viu o filme também para compará-los? O que acharam?

Bjs
Marina

PS: Casal fofo!!!!!!!!

16552076

A Culpa é das Estrelas

A_CULPA_E_DAS_ESTRELASA Culpa é das Estrelas
De John Green

Sinopse oficial: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

Minha Opinião: Me decepcionei um pouco com esse livro. Na verdade, foi mais que um pouco, pois esperava chorar do começo ao fim, mas não derramei nenhuma lágrima. (todos sabem que sou bem chorona então foi uma surpresa!)

A personagem principal – Hazel – é bem carismática. Aquele tipo de menina que você não ama, mas gosta. Já o Augustus é totalmente amável. Acho que qualquer pessoa se apaixonaria pelo positivismo dele e pelo seu carisma natural.

A história inteira gira em torno do câncer e das pessoas doentes, mas o autor escreveu de um jeito que isso até “passa batido” em alguns instantes. Embora estivesse bem presente, nunca senti pena ou tristeza pelos personagens. Acho que isso se deu bastante pela forma em que a história foi narrada, a fim de apontar as coisas como fatos e não dar margens ao sentimento de pena.

Mas não pensem que sou insensível! rs Sofri muito mais com livros como A Última Música, por exemplo, então culpo a narrativa e a forma de abordagem dos fatos.

No geral se trata do descobrimento do amor em meio às adversidades, e dos sentimentos que nos levam a querer viver apesar de tudo que nos acontece de ruim.

Confesso que achei que o final seria outro, então quando acabou fiquei até um pouco confusa, mas gostei bastante da leitura, dos personagens e dos assuntos abordados. Espero ler mais livros do gênero, e recomendo a leitura.

Bjs
Marina