Melhores livros de 2017

Oi pessoal, tudo bem?

Esse ano foi super atípico pra mim aqui no blog… primeiro porque eu li muito até a metade do ano e depois não li mais nada. Segundo porque eu li muitos mangás – e fazia séculos que eu não lia mangás (amo/sou, por falar nisso, rsrs).

Então não tenho um número muito grande de títulos aqui para fazer um top 10 😦 Mas, que tal um top 3 de livros e um top 3 de mangás? Acho válido separar assim, porque a mecânica de leitura é muito diferente. 😉

Então vamos lá:

TOP 3 Livros

3. Uma Tocha na Escuridão/A Caminho do Azul Sereno (desculpem, não consegui decidir e deu um empate! kkk)
2. Sanctum
1. Lúcida 

TOP 3 Mangás

3. Kamisama Hajimemashita
2. Fruits Basket
1. Ao Haru Ride (Aoharaido)

Considero esse ano um ponto fora da curva. Se Deus quiser ano que vem eu estarei de volta com muuuitos livros! \o/

Sabem o que me impediu um pouco de ler (além do TCC, é claro!)? Eu descobri uns joguinhos de celular que são em inglês (jogos OTOME) e você lê os capítulos da história… todo dia você ganha 5 tickets para ler 5 capítulos, e suas escolhas influenciam no final da história. EU ESTOU VICIADA!!!! Vocês não tem noção do tanto de tempo e dinheiro que eu invisto nesses jogos! XD kkkkk E como são 5 jogos/histórias diferentes eu sinto como se estivesse lendo livros… vocês entendem? E o melhor: elas são incríveis e os desenhos são em estilo mangá! Vejam só se não estou no paraíso!!! huahauhaua

Então é isso gente… eu realmente quero colocar uma meta para ler mais ano que vem, mas vou continuar jogando meus joguinhos (se alguém quiser saber os nomes e a mecânica de jogo podem me perguntar aqui).

Um ótimo restinho de ano para vocês, Feliz Natal e um 2018 repleto de realizações!!!

Bjs
Marina

Kamisama hajimemashita

Kamisama hajimemashita (Kamisama Kiss)
De Julietta Suzuki

Sinopse oficial: Depois de seu pai ter ido embora devido às dívidas de jogos e de ser expulsa de seu apartamento, Nanami encontra Mikage, um homem estranho que tem medo de cães. Nanami salva Mikage de um cão e ele conta sua história. Ele entrega a Nanami sua casa como forma de agradecimento por ter o salvado. Nanami aceita a oferta, por não ter para onde ir. Mikage desenha um mapa mostrando a ela onde deve ir. Ao chegar, ela vê que é um santuário antigo mal cuidado. Nanami então é quase morta por Tomoe, que aguardou por 20 anos a volta de Mikage. Ela então é cumprimentada por Onikiri e Kotetsu, como nova Divindade do Santuário. Incapaz de aceitar Nanami como nova Divindade do Santuário, Tomoe zomba dela e deixa o santuário, que sem o poder de Tomoe volta a ser um lugar largado. Sem ter a intenção de roubar a casa de Tomoe e depois de ter notado que seu poder como deusa é fraco demais, Nanami se vai, mas eventualmente é levada de volta por Tomoe depois que selam um contrato, transformando ele em seu familiar.

Minha opinião: taí uma história que eu procurava por muito tempo e não sabia! Adorei ter encontrado esse mangá e fiquei muito feliz com o rumo da história do começo ao fim.

Claro, como se tratam de 149 capítulos (muita coisa), tiveram alguns momentos de enrolação onde eu pensei “ai meu deus, anda logo com isso!”. Mas, no geral, são capítulos interessantes, condizentes com o enredo e que te prendem com muita eficiência.

A Nanami é simplesmente uma fofa! Não tem quem não se apaixone pelo seu bom coração, e o que vemos nessa história é justamente o impacto que uma pessoa boa e de boa vontade pode causar na vida das outras.

Ela é cheia de energia e muito boazinha, então ela tenta ajudar todo mundo. Com isso também consegue conquistar até aqueles demônios difíceis de lidar… além disso, os personagens masculinos são todos muito interessantes: o Tomoe é do tipo que conquista todos os corações, mas eu amei todos eles em geral.

Aliás, eu já falei que essa é uma história divertida e diferente sobre deuses, demônios, anjos caídos e humanos? Além de romance também temos muitas aventuras, que são o ponto forte da leitura. Gostei tanto do cenário que até sonhei com isso a noite! Kkkk

Enfim, recomendo muito! Gostei demais e com certeza foi uma leitura que me marcou e que vou lembrar sempre!

Bjs
Marina