Taken – Taken Livro 1

Taken
De Erin Bowman

taken_1340126752bSinopse traduzida por mim: Gray Weathersby passou os últimos 17 anos temendo seu aniversário de 18. Em sua cidade isolada, onde poeira sobrepõe a grama e corvos brigam com as nuvens, todos os garotos de 18 anos são perdidos para um fenômeno que os moradores chamam da Rapto. Após seu irmão mais velho, Blaine, encarar seu destino misterioso, a fascinação de Gray pelo Rapto se torna uma obsessão. Ele deseja respostas. Sobre o Muro que cerca sua cidade, uma estrutura gigante que ninguém jamais escalou sem morrer, sobre os líderes do Conselho e seus segredos óbvios e sobre a própria natureza do Rapto.

Durante sua busca por respostas, Gray contará com a ajuda de Emma, uma filha de curandeira que ele admira desde o primeiro dia que se conheceram quando crianças. O que eles encontram dá ideias à Gray. Ideias perigosas. Talvez Blaine não esteja perdido para sempre. Talvez ele possa achá-lo. Talvez seja tão simples quanto escalar o Muro e talvez, apenas talvez, o destino de Gray não seja o mesmo que de todos que escalaram o muro antes dele.

Minha opinião: eu fiquei EXTREMAMENTE decepcionada com esse livro pelo simples fato de que eu comecei a ler porque jurava que era sobre extraterrestres… mas NÃO!!! COMO pode isso produção? COMO eu ia saber que um livro sobre garotos sendo raptados aos 18 anos por uma luz misteriosa não era sobre ETS???????

ru3ierab

Ele é uma distopia, mas eu não gostei do livro e acredito que basicamente por conta disso… seria mais ou menos 70% pela decepção de não ser sobre ETS e 30% pela história em si. O fato de eu ter lido uma versão traduzida clandestinamente na internet também não ajudou, rsrs. Foi um conjunto de coisas erradas (vocês sabem que admiro muito o trabalho das pessoas que traduzem os livros pra gente por conta própria, mas muita coisa se perde nisso… até mesmo os nomes dos lugares que no começo eram uma coisa e no final outra, aí sua cabeça dá um nó pra descobrir do que se trata.).

Gray é um cara normal: invocadinho, teimoso, meio rebelde – achei ok pra um protagonista homem – e temos até um triângulo amoroso envolvendo ele e mais duas meninas. Eu gostei disso! Nós mulheres sempre vemos a coisa por outro ângulo, com uma menina disputada por dois caras, mas é quase sempre o inverso que acontece na vida real né kkkkkkk #abafa

Fiquei um pouco chocada porque as crianças eram colocadas para se “reproduzir” muito cedo, já que os homens eram levados com 18 anos. Faz sentido, mas a gente nunca espera isso num livro para adolescentes huahuhauaha.

A narrativa é típica de livros desse tipo – distopia – e tranquila de avançar. Acho que dava até pra ler em inglês facinho e eu bobeei, rsrs. Mas o enredo… não sei. Senti que era meio fraquinho, não gostei muito e achei que tudo foi muito fácil, sabem? Podia ser melhor e ter sido trabalhado de outra forma.

Não pretendo ler os próximos volumes. Não curti muito a história e não acrescentou nada na minha vida, então infelizmente acho bem ruinzinha pra recomendar pra vocês. 😦

Bjs
Marina

Anúncios

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s