A Descoberta das Bruxas – Trilogia das Almas Livro 1

A_DESCOBERTA_DAS_BRUXAS_1394585357BA Descoberta das Bruxas
De Deborah Harkness

Sinopse oficial: A professora Diana Bishop foi convencida pelo medo de que é melhor ser humana do que bruxa. Mas quando descobre um antigo manuscrito com a origem de espécies sobrenaturais, fica muito próxima do mundo do qual sempre fugiu.

Demônios e vampiros passam a cruzar seu caminho, e o instinto de sobrevivência dessas criaturas faz Diana ser uma presa vulnerável.

Até que ela seja capaz de dominar os próprios dons e usar seus poderes.

Minha opinião: Ok, quando eu li a sinopse e vi “manuscrito”, logo imaginei que seria uma história mais ou menos como “A lenda do tesouro perdido”, “Código da Vinci”, etc… fiquei extremamente decepcionada quando finalmente, depois de 400 páginas, entendi que o tal manuscrito era apenas um coadjuvante e que nem 5% dele seria mostrado no livro.

“Então o que é o livro?” – É uma novela! Vocês se lembram daquele livro Outlander que eu já postei resenha aqui? Então, esse segue mais ou menos a mesma linha: é um acontecimento atrás do outro, fatos narrados em dias corridos, sem muita passagem de tempo, e com muita ação. Só que tem uma diferença: Outlander prendeu minha atenção do começo ao fim. Esse passou longe disso!

Para um livro de mais de 600 páginas achei que seria mais interessante. Ele não é ruim, mas algumas coisinhas me incomodaram, sabe? Por exemplo o relacionamento abrupto do Mathew e da Diana. Normalmente estamos acostumados com livrinhos em que depois de 1 mês dois adolescentes apaixonados já se amam, mas nesse caso são dois adultos e tudo acontece tipo em 2 semanas… OI? Nossa até eu que sou “rápida para me apaixonar” achei demais! kkkk

Achei que teve muita enrolação também: os detalhes eram minimamente contados, desde os 4 ovos comidos no café da manhã até a cor da pasta de dentes. Eu sou muito chata, acho que um livro tem que ter um equilíbrio perfeito entre detalhes demais e detalhes de menos. Achei desnecessário, se cortássemos algumas coisas desse tipo teríamos umas boas 200 páginas a menos!

Sobre o enredo: ele é bom. Adoro seres mágicos, magia e tudo mais, e foi isso que me fez ler até o final. Só isso. A narrativa é bem fluida, o que ajuda bastante, mas como eu disse antes é muita enrolação… mesmo num bom ritmo as páginas não andam!

Quanto aos personagens, o que mais me agradou, pasmem, foi a casa. Sim, a casa das bruxas (Sarah e Em) tem personalidade própria – cria cômodos, some com objetos, bate portas e janelas e tem um monte de fantasmas. É engraçado! Todos os outros personagens em algum momento me cansaram, então meu voto vai para a casa mesmo kkkk

Finalizando: não é um livro ruim, mas também não é a obra-prima que todos falam e que eu estava esperando depois de tantas resenhas positivas. Se você ama muito livros grandes, detalhados, tipo novela e cheio de magia pode gostar muito! Se não faz seu tipo pode ser que você, assim como eu, acabe se cansando. Juro pra vocês que se eu não tivesse esse blog não sei se finalizaria a leitura… (e não lerei o segundo volume).

Bjs
Marina

Anúncios

6 comentários sobre “A Descoberta das Bruxas – Trilogia das Almas Livro 1

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s