Todos Os Nossos Ontens – Destrua o passado para salvar o seu futuro

TODOS_OS_NOSSOS_ONTENS_1443558523529142SK1443558523BTodos Os Nossos Ontens
De Cristin Terrill

Sinopse oficial: O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?
Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?
Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?

Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo…

Minha opinião: Ai que bom!!! O primeiro favorito do ano chegou em grande estilo! Que distopia minha gente, que história! ❤

Tudo começa do ponto de vista de Em, no futuro, e somos jogados na história sem saber nada mesmo, descobrindo tudo junto com os personagens. Depois temos o ponto de vista da Marina (fiquei emocionada ao ver meu nome no livro! XD kkk), no passado, e de novo vamos descobrindo tudo junto com ela. Aí os capítulos começam a alternar o ponto de vista. E minha gente, é uma descoberta surpreendente atrás da outra. Do começo até o fim o ritmo foi eletrizante!

A Marina vive sua vida em função do James, o que é triste (meninas, nunca vivam em função de nenhum homem!), porém compreensivo. Paixonites adolescentes – principalmente pelo seu melhor amigo – são realmente intensas… mas eu não me apaixonei por ele, e sim pelo maravilhoso Finn, que é uma graça! E achei legal também o desenvolvimento dos sentimentos dela ao longo da história. Foi um processo natural e inevitável.

O final foi confuso para mim – sabem como é: viagem no tempo é um tema complicadinho, e demorei um pouco para juntar o quebra-cabeças. Mas, quando entendi, foi fenomenal – muito bem pensado!!! Fiquei pulando pensando “Eu entendi! Eu entendi!” e me deu um desespero pra falar com alguém – qualquer pessoa – sobre esse final. Queria debater, discutir, contar pro mundo que história maravilhosa eu acabei de ler.

Então conto para vocês: leiam! É um volume único (então para quem não gosta de sagas é ideal), com uma narrativa fora de série, personagens apaixonantes e uma história incrível!

Bjs
Marina

Para Tudo!

Para tudo!

O David Castro, que faz o papel do vampiro Raphael na série Shadowhunters me respondeu no twitter!!!!! \o/\o/\o/

raphael

Eu fui elogiar o brilhante trabalho dele porque gente, sério, ele e a Camille foram os melhores até agora! Foi como se os personagens saíssem do livro, eles mandaram muito bem!!! (assisti o 3º episódio ontem e estou surtando, rs)

Enfim, queria compartilhar com o mundo porque foi a primeira vez que um famoso me responde no twitter kkkk 😉

Bjs
Marina

Shadowhunters [Série]

Ok, acredito que a maioria deva saber mas, para quem ainda não ouviu a notícia: existe uma série baseada nos livros da saga Os Instrumentos Mortais, da Cassandra Clare.

Meu caso de amor com esse universo criado pela Cassandra é infinito: eu simplesmente AMO os Caçadores de Sombras! ❤ Mas, deixa eu recapitular um pouquinho os fatos:

  • Odiei o primeiro livro da saga
  • Nunca gostei muito da Clary
  • AMEI o filme Cidade dos Ossos
  • Gostei do segundo e do terceiro livro da saga
  • AMEI os últimos 3 livros da saga

Tirando essa série eu AMO de paixão As Peças Infernais, mas isso não vem ao caso… rsrs tudo que posso dizer é que, depois de um filme que eu achei incrível e de terminar todos os volumes dos livros, essa série veio para me deixar salivando por mais esse gostinho desse universo.

shadowhuntersheader

Primeiramente temos algumas diferenças, então é como o filme: tem que ser assistido com a mente aberta. Nunca uma adaptação é totalmente fiel ou possui todos os elementos da história, então temos que ser pacientes e manter a porta aberta a todas as possibilidades.

Dito isso, quero contar para vocês o que eu achei dos primeiros 2 episódios que assisti (na Netflix). 😉 Vamos lá:

A primeira de todas as diferenças, a idade dos personagens, me agradou muito. Sempre que eu lia a história eu sabia que os personagens tinham 16 anos em média, mas eu sempre imaginava-os com 18, 19. Isso pela maturidade e pelas experiências pelas quais eles passavam. Sim, a Clary era a mais imatura e a única personagem que passava por 15 anos gente… não dava!

Sobre os personagens, achei que a Clary ficou muito boa. Mais agradável que no livro, mas ainda preferia a Clary do filme. O Jace está gatíssimo, mas o ator do filme tinha capturado melhor o espírito dele, não sei… talvez ainda seja cedo demais para julgar. Alec = perfeição!!!! Meu Deus, ele não é um homem, é um Deus maravilhoso que veio para a Terra me fazer suspirar a cada segundo que ele aparece! Não tenho nem o que falar da atuação, porque só consegui ficar babando, nem ouvi o que ele fala! HAUAUAHUA O Simon é sempre o melhor personagem, né gente? A Cassandra fez um ótimo papel criando ele e ambos os atores responsáveis por interpretá-lo deram um show! Parabéns! A Izzy foi a personagem principal que eu menos gostei: ela é sensual demais, passa dos limites! E não leva nada a sério, ela é muito aérea, sei lá… não curti a interpretação e nem o rumo que deram para a personagem.

O Magnus está muito bom! Já adorava esse ator em Glee, mas acho que ele ficou perfeito nesse papel. 🙂 O Luke é um polícial, o que eu vi como mudança positiva e um rumo bacana para a série, fora que ele também é um colírio para os olhos. Adorei a interpretação e espero ver mais dele na série. A Jocelyn pra mim ficou muito forçada, simplesmente não gostei. Por fim, o Valentim da série com certeza representa o Valentim do livro MIL VEZES melhor que o do filme – que parecia ter 25 anos! Curti a escolha do ator e estou gostando muito da interpretação!

icymi-inside-abc-family-s-shadowhunters-first-look-at-the-institute-526557

Os efeitos especiais… bom, já vi piores mas DEFINITIVAMENTE já vi melhores… muitos!!! Chega a ser um pouco frustrante, mas também não atrapalha a série a ponto de pararmos de assistir. É tipo Once Upon a Time, quem já assistiu vai entender: os efeitos são ruinzinhos mas e daí? Certo? rsrs

No geral estou achando o desenrolar dos fatos um pouco rápidos. Acho que o primeiro episódio podia ter enrolado um pouco mais, não havia necessidade da Clary já descobrir que era uma shadowhunter, já ir para o instituto, etc, podia ter sido tudo um pouco mais devagar (na minha opinião). Mas gostei mais do primeiro episódio do que do segundo. Achei que o segundo fugiu um pouco do esperado e foi mais “chatinho”. Além da parte dos vampiros pegando o Simon (hey, não é nenhum spoiler, certo? Aposto que todo mundo sabia dessa parte…) que foi totalmente diferente do livro. Foi estranho.

Enfim, estou gostando, mas com cautela. Se continuar assim vou continuar assistindo porque né: Jace + Clary, Simon + Izzy e Alec + Magnus não dá pra perder, rsrsrs. Mas se os produtores começarem a “cagar” na série (desculpem a expressão chula, não achei outra que expressasse tão bem meus sentimentos!) eu paro de assistir sem culpa, porque não é tudo isso.

Ok, é isso gente. 🙂 Se vocês quiserem ver mais posts depois que eu assistir mais episódios me avisem. 😉

Fiquem aqui com mais um trailer e espero que tenham gostado:

Bjs
Marina

O Mar Infinito – Quinta Onda Livro 2

O_MAR_INFINITO_1417088178412398SK1417088178BO Mar Infinito
De Rick Yancey

Sinopse oficial: COMO LIVRAR A TERRA DE 7 BILHÕES DE HUMANOS? TIRE A HUMANIDADE DELES.

Cassie Sullivan e seus amigos sobreviveram às quatro ondas de destruição provocadas pelos Outros. Agora, com a raça humana quase exterminada e a 5ª Onda encobrindo a Terra, os sobreviventes devem escolher: encarar o inverno e esperar o retorno de Evan Walker ou partir à procura de abrigo antes que o inimigo os alcance. Porque o próximo ataque é mais do que possível – ele é inevitável.

Os homens ainda não viram as profundezas até onde os Outros podem descer nem os Outros viram a que alturas a humanidade pode se erguer. Esta é a derradeira batalha entre vida e morte, esperança e desespero, amor e ódio.

Minha opinião: no começo estava achando um pouco chato. Os primeiros capítulos foram narrados por Especialista (Marika), e não pela Cassie, então estranhei muito e achei ela muito chata. Claro que, no final do livro eu paguei minha língua e o ponto de vista dela foi de longe o melhor de todos. Também tivemos capítulos narrados pela Cassie e por um terceiro personagem (Pão de Ló). Sim, nesse livro todo mundo tem apelidos estranhos. 😛

No geral a história começou morna mas esquentou bastante até as últimas páginas. Não achei tudo muito interessante até chegar na metade do livro, que foi quando as coisas andaram, as ações aconteceram e o rumo do enredo foi melhorando cada vez mais. Acho que, em parte, o começo foi muito difícil para mim porque eu não lembrava quase nada do livro anterior… lembrava nomes, a história como um todo, mas detalhes… esses não consegui me lembrar. Então foi tenso!

Não consegui mais me conectar com a Cassie também. Nunca achei ela fantástica, mas nesse livro ela estava muito diferente… mais brigona, birrenta, insolente… o que uns chamam de coragem eu chamo de criança boba kkkkk (nossa, me senti muito malvada agora! :P). Mas ela com certeza está se transformando em outra Cassie e não sei se gosto dela. E, que surpresa foi, quando constatei que estava totalmente mergulhada e enraizada na história da Especialista. Ela se tornou muito interessante (apesar de também ser marrenta) e eu me conectei profundamente com ela.

O enredo me surpreendeu um pouco, dando uma guinada e trazendo um novo semblante à todo o tema dos alienígenas. Posso dizer que fui surpreendida e fiquei curiosa para saber o desfecho da saga. A narrativa é um pouco profunda demais para o meu gosto, mas ok, não é difícil nem nada.

Em resumo, o primeiro volume foi tão bom que as expectativas cresceram, mas o segundo livro as derrubaram feio! Agora que comecei a ler quero terminar a saga, mas talvez eu devesse ter ido com menos sede ao pote.

Bjs
Marina

Elemental – Guardiões de Alma Livro 2

ELEMENTAL_1434738583511413SK1434738583BElemental
De Kim Richardson

Sinopse oficial: Quando Kara Nightingale, de dezessete anos, é subitamente atingida por um raio e morre — de novo — ela se vê de volta a Horizonte, onde anjos, oráculos e outros seres sobrenaturais ocupam um mundo místico desconhecido pela humanidade. Mas quando Kara atinge acidentalmente um anjo com seus poderes recém-descobertos e quase o mata, ela é banida para o Tártaro, a prisão angelical. E mais do que isto, Kara logo descobre que a alma de sua mãe foi aprisionada por demônios.

Caçada pela Legião, Kara se refugia com um novo grupo de amigos anjos. Ela se encontra dividida entre seus sentimentos por David — pois romance entre anjos é proibido. E quando Kara decide se aventurar no Submundo para encontrar a alma perdida de sua mãe, os seus poderes bastarão para salvar a sua mãe e o mundo mortal?

Minha opinião: olha… já tinha gostado do primeiro volume, mas o segundo é fenomenal! Gente, a história é muito boa!!! Parabéns para essa autora de primeira viagem, ela consegue manter os livros interessantes desde a primeira até a última página.

Acho que parte desse “manter o interesse” se dá graças à narrativa objetiva. Não temos enrolação, não tem fatos meio ditos, não tem nenhuma informação supérflua, o que, digo novamente, nos impede um pouquinho de nos conectarmos com os personagens, pois falta aqueles momentos de emoção, conflitos, pensamentos duvidoso, etc. Mas nesse segundo livro até que consegui me conectar mais com a Kara do que eu pensava. Nada como se acostumar com alguém e com o jeitinho dela, certo? Ah! Isso se aplica ao David também.

Agora temos outros personagens legais, muito mais ação e emoção, causando várias aventuras e uma sequência de acontecimentos do tipo eletrizante. Me incomodou só um pouquinho o fato de ninguém acreditar que as coisas só acontecem com a Kara por algum motivo. Mesmo depois de descobrirem o motivo, continuaram pegando no pé dela. Achei que podiam ter outra atitude com relação a isso tudo.

É uma saga muito boa! 😀 Já vi que estou curtindo muito e às vezes me pego pensando na história e em como gostaria de ler o próximo volume… fiquei até em dúvida se esse seria um favorito, mas acho que ainda faltou aquele “tchan” a mais, sabem? Mas nossa, pirei no enredo! rsrs Recomendo mesmo!

Bjs
Marina

Simplesmente Acontece

SIMPLESMENTE_ACONTECE_1408644221BSimplesmente Acontece
De Cecelia Ahern

Sinopse oficial: O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos.

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Minha opinião: Eu li esse livro depois de assistir ao filme e estava esperando uma história bem parecida, mas ela é muito diferente! Tanto na narrativa quanto nos acontecimentos. Temos alguns elementos que serviram como base para o filme, e certamente notamos as semelhanças, mas o rumo das coisas… vamos dizer que foi uma surpresa!

A narrativa, como falei, é diferente (de qualquer outro livro que já li): ela é inteirinha feita de cartas, e-mails, conversas por skype e recortes de jornal, revistas e de cartões. Não temos nenhum pensamento entre a troca de mensagens, nenhum ponto de vista… simplesmente acompanhamos tudo e todos através das conversas.

Achei que ia ser difícil me conectar com alguém com esse estilo de narrativa, mas acabei me surpreendendo e me conectando com TODOS. Eu NUNCA tinha me conectado com todos os personagens como dessa vez. Foi incrível, pessoal e muito profundo. Isso me fez amar esse livro! ❤

Para mim o único ponto negativo foi o final. Como sempre, em livros como esse esperamos demais do final: vinte mil páginas contando todos os sentimentos envolvidos, mas o que tivemos foi uma página e meia de um final meio choncho comparado ao que o livro merecia. Fiquei muito decepcionada com esse finalzinho mequetrefe – um livro tão bom merecia um final digno! Me diga autora: por quê você fez isso comigo???

Mas, no geral, foi uma leitura deliciosa e interessante do começo ao fim. Eu diria que o livro e o filme se completam, porque são muito emocionais, divertidos e fofos, fora que o final do filme é mais legal. rsrs

Recomendo!

Bjs
Marina

Adaptações Literárias – Multiresenha

Olá gente, tudo bem?

Bom, como vocês já sabem eu fiquei um pouco sem motivação para ler depois da minha cirurgia então passei dia e noite vendo filmes, rsrsrs. Coloquei meu catálogo em dia e vou falar um pouquinho sobre as adaptações literárias que eu vi e li o livro também – para poder comparar.

JOGOS VORAZES – A ESPERANÇA PARTE 2

jogos vorazes pt2

Acho que, no geral, a saga Jogos Vorazes foi uma das mais fiéis adaptações que existem. Esse último filme teve uma cota pequenininha de modificações, mas nada muito grave ou que fizesse a história tomar outro rumo.

As atuações como sempre foram de tirar o fôlego e a Katniss (Jennifer Lawrence) é simplesmente PERFEITA. Essa mulher arrasa muito Brasil!!!! Acho que nunca vi uma cena de choro desesperado tão boa quanto a que ela fez no filme. Não vou falar qual cena para não dar spoilers, mas foi uma cena fenomenal (palmas!).

O cenário e a história são tão envolventes que o filme tem 2h30 (mais ou menos) mas sentimos como se tivesse 1h – passa muito rápido! E o desfecho do enredo foi excelente, apenas com ressalvas para os últimos minutos do filme que pareceram sessão da tarde e não foram idênticos ao livro, mas ok! 🙂

ACADEMIA DE VAMPIROS

vampire-academy-750x400

Taí mais um filme que muita gente gostou e que mal chegou aos cinemas brasileiros (esse filme foi bem falado e polêmico na época) e eu achei MARAVILHOSO!!! Fiquei morrendo de vontade de reler os livros, porque foi como se os personagens tivessem saído da minha mente e tivessem ido parar nas telas *-*. E a Rose… ai, como morri de saudades! O que eu sinto por ela é um misto de inveja boa, amor, amizade, paixonite (kkk) e sei lá mais o que… ela é incrível e a atriz interpretou muito bem esse papel. ❤

E o ator que faz o Dimitri: no começo achei que não era tão gato mas gente… cena após cena em que ele aparecia era um caso de “menina me abana porque subiu um calor!!!”, huahauhaa.

A atmosfera dos livros foi captada com perfeição, e o tom irônico e engraçado dita todas as cenas. Morri de rir!

Achei que foi fiel o suficiente. Resumiram bem a história, explicaram tudo direitinho, então foi uma boa adaptação: ASSISTAM!!!! ❤ ❤ ❤

DEZESSEIS LUAS

beautiful-creatures04

Vi esse filme e logo depois já fui ler o livro para poder comparar. Eu amei o filme, achei bem legal, engraçadinho e com uma boa história, mas infelizmente a adaptação foi um desastre se comparada com o livro: mudaram as características de alguns personagens principais, mudaram a história, mudaram os acontecimentos… acredito que foi bem tenso para os fãs!

Mas eu, em minha humilde opinião, achei a adaptação melhor do que o livro. Tirando a riqueza de detalhes que a narrativa sempre nos traz e as películas não, a história do filme foi mais legal… mais simples (às vezes a simplicidade é o melhor caminho). O final foi mais fácil de entender e acompanhar do que no livro – acho que foi o mesmo caso de Sangue Quente.

Só achei que a atriz que interpreta a Lena ficou muito abaixo do esperado, mas enfim… é um bom filme!

PROVA DE FOGO – MAZE RUNNER 2

THE SCORCH TRIALS

Acho que essa foi minha maior decepção nesse ano com relação a adaptações literárias: eu estava esperando um filme super fiel ao livro, mas a história é COMPLETAMENTE diferente. Acho que se fôssemos medir, seria 98% diferente e 2% igual. Sério! Os elementos (deserto, boate) e alguns personagens até que estavam lá mas nossa… foi nada a ver.

E eu estava tão entusiasmada, tão empolgada, que fiquei MUITO, mas MUITO decepcionada. Uma amiga minha falou que todo mundo estava gostando justamente porque o livro era chato e o filme estava mais animado, mas eu tinha gostado do livro. 😦

Realmente o filme está mais animado, com mais ação e tudo mais mas… ah nossa eu sei lá, acabei de assistir com um sentimento muito triste dentro de mim. Fora que achei muitas cenas do Thomas forçadas demais… ele é um bom ator (e lindo!) mas notei algumas caras e bocas exageradas alí… (alguém mais compartilha dessa opinião?).

O Minho continua roubando todas as cenas, então vou ver o terceiro porque quero saber o que vai acontecer com ele, já que não consigo prever nada com base nos livros porque a história é outra. 😛

Mas meu namorado adorou pessoal, então não sei se eu sirvo de parâmetro nessa….

SIMPLESMENTE ACONTECE

simplesmente-acontece

Ok, o post sobre esse livro ainda não foi pro ar, mas eu li depois de assistir ao filme e devo dizer que, embora tenham os elementos em comum, a história é totalmente diferente.

Gostei muito tanto do livro quanto do filme, e não é certo compará-los porque, de novo: são completamente diferentes. Acho que a história serviu  só como base mesmo.

O Alex.. gente, que homem! Nunca fui muito com a cara desse ator (desde que vi Jogos Vorazes), mas agora mudei completamente de ideia e acho que o amo. Mesmo, de todo o coração! ❤ HUAHUAHUA e a Lily Collins nem precisa dizer, é linda né? Qualquer papel que ela faz eu adoro.

O filme é extremamente romântico, fofo, e tem aquele mix de sentimentos: feliz/triste/amor/ódio/indignação/resiliência/aceitação, etc. Chorei um pouquinho, mas nada de mais… ele tem um final feliz, então vale a pena assistir!

LUGARES ESCUROS

lugares

Resumindo: o filme não chega nem aos pés da primeira página do livro. Sim, é triste dizer que essa adaptação foi uma furada. Não sei se é porque eu já sabia o final do filme, mas não consegui me surpreender com nada, não consegui sentir profundidade nas cenas e, principalmente, terminei de assistir com aquele sentimento de “Poxa, poderia ter sido tão melhor, mesmo se eu não tivesse lido o livro…”.

Em comparação, além das diferenças físicas entre os personagens nas páginas e na telinha, temos muitas cenas e histórias importantes por trás de tudo que não foram contadas. Tínhamos motivos, desejos e sonhos que foram deixados de lado e as cenas se tornaram vazias… não senti emoção, por mais que fossem muitos atores famosos (e bons!) ali.

Enfim, não tomem o livro pelo filme. Recomendo que leiam mesmo porque é muito melhor! Na verdade nem sei se recomendo assistirem esse filme… foi tão blá….

É isso pessoal. Vocês gostaram desse tipo de post? Acho legal ter o feedback de vocês, porque se vocês gostarem eu faço mais, se odiarem eu paro imediatamente 🙂 hahaha

Bjs
Marina

Marcada – Guardiões de Alma Livro 1

MARCADA_1422453620433554SK1422453620BMarcada
De Kim Richardson

Sinopse oficial: Kara Nightingale, com dezesseis anos, é pouco popular, estranha e totalmente normal — isto até ela ser atingida, um dia, por um ônibus e morrer…

Em instantes, a sua vida passar de ordinária para extraordinária, ao despertar em um novo mundo misterioso com uma nova carreira — como uma novata da Legião de Anjos da Guarda. Kara é arremessada ao sobrenatural, onde macacos comandam elevadores, oráculos apressam-se sobre bolas de cristal e onde demônios se alimentam das almas dos mortais. Quando uma criança Elemental é sequestrada, Kara é enviada para uma busca repleta de perigos e mergulha em uma situação ainda mais perigosa e mortal do que qualquer coisa que ela poderia imaginar.

Minha opinião: esse é um livro auto-publicado, que faz parte de uma saga, e cujos volumes estavam todos disponíveis no site de download de livros gratuitos. Pensei: Por quê não? Certo? Dar uma chance para esses livros menos conhecidos… e fiquei MUITO surpresa com o quanto a história é boa e envolvente! 😀

O enredo é muito original, fala de anjos da guarda, crianças especiais, mostra o “céu” e até mesmo alguns demônios. Tirando os elementos comuns a trama é inusitada e a narrativa nos prende do começo ao fim. A única coisa que acho que poderia ter sido diferente é a narrativa em terceira pessoa. Nesse caso acredito que se fosse em primeira pessoa teria nos ajudado a ter uma conexão maior com a personagem principal: Kara. Mas a autora escreve muito bem, não há dúvidas.

Kara é legal e uma boa protagonista mas faltou sim uma emoção, uma conexão com ela. Esse foi o único ponto negativo do livro (tirando alguns errinhos de português que eu atribuo à tradução autônoma), pois sentimos falta de nos envolvermos e entrarmos mais na pele do personagem.

David é um cara engraçado e bem caricato, mas ao mesmo tempo bem previsível, então não sou uma grande fã dele (espero que surjam outras opções para a Kara no futuro kkkk) mas ele tem seus momentos engraçados.

Ah! Temos muitos macacos na história, e eu DETESTO macacos! Lamentei muito cada momento em que eles apareceram, ahuahua mas obviamente isso não fede nem cheira para o livro, foi apenas um desabafo rsrsrs

Enfim, gostei MUITO! Acho uma saga promissora e já quero ler os próximos volumes. Fica a dica. 😉

Bjs
Marina

Dezesseis Luas – Beautiful Creatures Livro 1

dezesseis-luasDezesseis Luas
De Margaret Stohl e Kami Garcia

Sinopse: Em Dezesseis luas não há vampiros, nem tampouco lobisomens. Anjos também não aparecem no enredo, mas não falta aventura e romance. Ou outros personagens fabulosos, como bruxas, espíritos e zumbis. E uma certa atmosfera gótica ronda a obra.

Na pequena Gatlin, com sabor à Nova Orleans, uma mágica poderosa e adormecida está prestes a ser libertada. E com a ajuda de dois adolescentes: Ethan Wate e Lena Duchaness.

Ethan é um menino comum, mas à noite começa a sonhar com uma menina de olhos verdes a quem tenta salvar desesperadamente.
Quando Lena chega à cidade ele não tem dúvida, ela é a menina dos seus sonhos. O que se segue é uma história de almas gêmeas e segredos perigosos e obscuros. E Lena e Ethan precisam confiar um no outro para que possam vencer uma maldição com poder para acabar com tudo à sua volta. Será que eles vão conseguir?

Minha opinião: ok, eu sei que disse que desanimei em relação à esse livro, que muita gente tinha me dito que a narrativa era arrastada e que a história não era lá essas coisas, então eu realmente achei que nunca iria lê-lo, mas assisti ao filme esses dias e fiquei super curiosa… estava precisando me apaixonar por mais uma saga, sabem? Mas infelizmente não foi dessa vez…

A narrativa não é tão arrastada quanto eu pensava, ela simplesmente tem muitos detalhes, mas não é uma coisa ruim. Achei que teve é muita enrolação – dava para ter cortado umas 50 páginas do livro! Mas no geral foi fluido e interessante sempre.

Achei fantástico o fato do livro ser contado do ponto de vista do Ethan e não da Lena – é ótimo ter um garoto romântico narrando a história pra variar! Embora às vezes ele pareça um pouco feminino demais, ele é muito interessante e uma eterna contradição – o típico adolescente que não sabe onde se encaixa, que tem vergonha do que os amigos vão pensar dele mas, ao mesmo tempo, um cara decidido e que está disposto a mudar tudo por alguém que ama. Por falar em amor, o caso dele com a Lena surge aos poucos, naturalmente, então não achei nada muito forçado. Já a Lena, não achei ela tão interessante. Ainda bem que não foram os pensamentos dela que acompanhamos, porque achei ela apagadinha demais…

No geral eu estava esperando a mesma história do filme mas não: elas são muito diferentes! Então fiquei sem saber o que pensar quando terminei a leitura pois, ao mesmo tempo em que gostei, achei que a história do filme – embora muito mais sucinta e simples – foi mais legal… (rá! Quem diria!) Acho que os fãs podem ter ficado muito decepcionados com a adaptação porque foi tipo um Percy Jackson da vida – mudaram a história e os personagens -, mas eu gostei mesmo.

Logo, não é o melhor livro do tipo, não é o mais original, mas também não é chato como eu estava imaginando. É muito bom, eu gostei e vou ler os próximos. 🙂 Só não me apaixonei perdidamente mesmo…

Bjs
Marina

Melhores livros de 2015

Oi gente, tudo bem?

Esse ano de 2015 foi atípico pra mim, em vários sentidos… contei em diversos posts desse blog a saga da minha vida, então acabei não batendo a meta de 100 livros para esse ano, inclusive passei bem longe!!! Li apenas 48. 😦

Mas, em compensação, foi um ano de ótimos livros, e fiquei feliz com a quantidade de favoritos que tive e precisei me desdobrar em 5 para poder escolher apenas 10 deles…

Então vamos ao que interessa:

10. Lugares Escuros
9. Mil Pedaços de Você
8. Encantos
7. Caixa de Pássaros
6. Sombra e Ossos
5. O Despertar do Príncipe
4. Cidade do Fogo Celestial
3. No mundo da Luna
2. A Maldição do Tigre
1. A Rainha Vermelha

Em primeiro lugar ficou o livro que mais me surpreendeu e que me deixou animadíssima para os outros volumes. Foi sem dúvidas a melhor leitura do ano em todos os aspectos – quem ainda não leu, favor agilizar heim… rsrsrs

O Destaque de sagas desse ano vai para A Maldição do Tigre, mas juro que fiquei super dividida entre ela e a trilogia Grisha (Sombra e Ossos).

Enfim, obrigada a todos vocês que nos acompanham sempre. 🙂 Cada comentário, cada palavra de carinho de vocês é o que mantém o blog vivo, dia após dia. ❤

Um feliz ano novo para todos!

Bjs
Marina