Nada

NADA_1372892693BNada
De Janne Teller

Sinopse oficial: “Nada importa.” “Você começa a morrer no instante em que nasce.” Pierre Anthon está no sétimo ano e tem a certeza de que nada na vida tem importância. Por isso, ele decide abandonar a sala de aula e passar os dias nos galhos de uma ameixeira, tentando convencer seus companheiros de classe a pensar do mesmo modo. Agora, diante da recusa do menino de descer da árvore, seus colegas farão uma pilha de objetos que significam muito para cada um deles, e com isso esperam persuadi-lo de que está errado.

A pilha começa com uma coleção de livros, uma vara de pescar, um hamster de estimação… Contudo, com o passar do tempo, os participantes se desafiam a abrir mão de coisas ainda mais especiais. A pilha de significados logo se transforma em algo macabro e doentio, que coloca em xeque a fé e a inocência da juventude.

Minha opinião: eu estava ansiosa. Confesso que esperei muito para ler esse livro e, retomar minhas leituras com ele, só contribuiu para gerar mais expectativa… mas infelizmente não posso dizer que elas foram atendidas.

O livro é bom. Cheio de “significado”, te faz pensar em algumas coisas mas, ao mesmo tempo, achei que ele seria mais profundo… que tocaria em algumas feridas e me deixaria zonza. Não aconteceu. No fim foi uma história macabra sobre crianças bizarras fazendo bizarrice. Ponto. Rsrs

O livro é curto mas a narrativa não é fluida, é um pouco coloquial demais, então a leitura acaba se estendendo. A história é narrada por uma jovem mas a linguagem e as referências são todas velhas. Não costumo ver problema nesse tipo de escolha, mas achei que nesse caso prejudicou um pouco o decorrer dos fatos. Se a linguagem fosse mais jovem talvez eu me identificasse mais, não sei.

Fiquei bem perturbada e sem reação ao terminar a leitura. Foi tudo muito estranho e achei que faltava emoção e empatia aos personagens. Era como se todos fossem crus: seres com características primárias e pouco desenvolvimento (talvez essa fosse a intenção da autora, mas eu “não captei vossa mensagem” rsrs). O enredo também podia ser melhor, fiquei espantada com o final e me peguei pensando se essa autora teria feito algo parecido na vida dela…

Enfim, é inovador, é interessante e é uma boa história, mas não é tudo aquilo que eu ouvia falar. Esperava muito mais.

Ah! Esqueça a ligação entre capa e enredo: isso não existe nesse caso. 😛

Bjs
Marina

Anúncios

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s