O Sal da Vida – O Que Faz A Vida… Valer A Pena

O_SAL_DA_VIDAO Sal da Vida
De Françoise Héritier

Sinopse oficial: Existe uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações, além dos sentimentos poderosos e dos engajamentos políticos. É sobre isso que este livro fala. Sobre esse pequeno plus que nos é dado a todos: “O Sal da Vida”. Nesta meditação, nesta espécie de poema em prosa em homenagem à vida, totalmente íntimo e sensorial, a renomada antropóloga Françoise Héritier vai atrás das pequenas coisas agradáveis (às vezes nem tanto) às quais aspira o mais profundo do nosso ser: as imagens e as emoções, os momentos marcados de recordações que dão sabor à vida, que a tornam mais rica e mais interessante do que muitas vezes acreditamos que ela seja, e que nada nem ninguém poderá nos tirar, nunca, jamais!

Minha opinião: Bom, vamos dividir o livro em dois: a capa mais o layout e o conteúdo. Primeiro a capa: linda! *-* Gente, ela é muito atraente. Logo de cara já imaginei que fosse tratar de uma história de amor (o que não aconteceu), e quando vi o detalhe das letrinhas do título – com uma cobertura que parecem grãozinhos de sal – eu pirei!!!

Mas aí vi o volume do livro e o tamanho das letras e desanimei um pouco, porque ele é muito curtinho e com letras enormes… Do tipo que minha vó não precisaria de óculos pra enxergar.

E quando comecei a leitura… decepção.

O livro nada mais é do que uma LISTA de coisas boas que a autora viveu na vida. Por exemplo: “pôr-do-sol na praia, vôlei com as amigas, comer manteiga direto do pote” e por aí vai. Dessa forma mesmo: são lembranças, separadas por vírgulas, o livro todo. Fiquei um pouco dividida com isso. Algumas lembranças era identificáveis para mim, mas outras eram muito pessoais e desconhecidas. A autora faz muitas referências a músicas e filmes franceses também, então em muitas horas fiquei perdida.

A escrita não é fácil. Algumas poquíssimas partes não são uma lista, então vemos que ela escreve de maneira difícil e super elaborada. Fora que as partes que são uma lista não tem ponto final e te deixam um pouco sem fôlego lendo tudo assim de uma vez. Senti falta de quebras, sabe? Pontos finais.

Acho que a intenção foi boa – imagino que para algumas pessoas possa ser tocante sim o fato de se lembrar de alguns detalhes maravilhosos da sua infância, etc. Mas para mim, que sou uma pessoa que está constantemente lembrando das pequenas coisas boas da vida, foi mais do mesmo.

Enfim, não gostei muito e não leria mais nada dessa autora. 😦 Acho que o estilo dela é aqueles que ou você ama ou você odeia e no meu caso infelizmente foi a segunda opção.

Bjs
Marina

Anúncios

4 comentários sobre “O Sal da Vida – O Que Faz A Vida… Valer A Pena

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s