Um Romântico Incorrigível

UM_ROMANTICO_INCORRIGIVELUm Romântico Incorrigível
De Devan Sipher

Sinopse oficial: Ele é um romântico incorrigível e também profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite, no casamento de um desconhecido. Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros.Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela.

Minha opinião: Um livro água-com-açúcar, super romântico e muito fofo! *-* AMEI!

Gavin é um personagem extremamente romântico (para um homem). Se apaixona com um simples olhar e imagina a garota dos sonhos o tempo todo. Na verdade, ele é mais apaixonado pela ideia do amor e do compromisso, do que por uma mulher de fato.

Escritor de uma coluna sobre casamentos, enfrenta situações que o deixam ainda mais frustrado por ser um solteiro de 27 anos: é obrigado a encarar mulheres felizes, casais apaixonados e histórias de amor maravilhosas o tempo todo.

Confesso que no começo achei que ele fosse gay. rsrs Ele é extremamente sentimental Meu Deus!!! Mas por fim acreditei que um cara como ele poderia sim existir em algum lugar e fiquei me perguntando: cadê ele, Senhor??? Realmente está difícil de encontrar esse tipo tão raro…

Continuando, as melhores partes do livro são as histórias de casamento. Uma melhor que a outra, do tipo que você fica de boca aberta querendo ouvir mais. Outro ponto que pesa bastante é o medo do personagem de ficar sozinho, de não encontrar ninguém… tem algumas partes bem sentimentais que nos fazem filosofar sobre quem somos e o que queremos para a vida.

O autor escreve muito bem também, então isso com certeza ajuda na fluidez do livro, que já é pequeno e com letras grandes. 😉

Enfim, é um livro curtinho, fofinho, EXTREMAMENTE romântico e que nos faz acreditar ainda mais no amor e no casamento. Faz exatamente o meu estilo e o de muitos apaixonados, mas não recomendo para aqueles que não gostam de exageros amorosos ou para quem está superando um término de namoro – acho que a pessoa pode ter uma síncope e ir para o fundo do poço. o.O

Bjs
Marina

Acontece que eu te amo

ACONTECE_QUE_EU_TE_AMOAcontece que eu te amo
De Edna Guedes

Sinopse: Quem nunca sonhou com um grande amor, com a pessoa ideal e perfeita? Luíza é uma jovem recém-saída da adolescência e caloura na universidade de jornalismo, que apesar da pouca idade, é madura e sabe bem o que quer, porém, como toda mulher, ainda sonha com o príncipe encantado e que sua primeira vez será com a pessoa perfeita. O que ela não sabia era que esbarrar em Guilherme naquele shopping mudaria sua vida para sempre. Olhar em seus olhos foi como morder a maçã e descobrir o pecado original. Será que ele se entregaria à atração que sentiu por aquela menina e mulher tão cheia de vida e decidida? Eles estavam em diferentes estágios de vida agora, ela estava começando e ele já estava no meio do caminho.

Acontece que eu te amo é um romance para as mulheres eternamente apaixonadas e que ainda sonham com o grande amor de sua vida, sem perder a esperança.

Minha opinião: construí um caso de amor e ódio com esse livro: na primeira parte odiei. Muito. Foi realmente um martírio terminar a leitura. Mas, na segunda parte do livro, me emocionei diversas vezes e fiquei encantada com o final.

Essa primeira parte do livro nos apresenta Luiza, com seus 18 anos, apaixonada por Guilherme, já com mais de 30. Os dois são incrivelmente hipócritas!!! Mentirosos, bipolares, mimados… não sei quem é pior!!!

Acho que foi proposital da parte da autora fazer uma protagonista de 18 anos que ae acha A adulta e só faz besteira. Mas tenha dó! Foi difícil demais ter paciência com ela… e não ajudou também o fato de que o Guilherme era um idiota!

Enfim, a segunda parte se passa 8 anos depois e, na minha opinião, foi bem melhor, porém um pouco fantasiosa. Algumas atitudes tomadas pelos personagens foram muito exageradas e deixaram margem para questionarmos até que ponto isso aconteceria na realidade.

Mas fora isso foi muito romântica, provocativa, avassaladora e bem sensual. Confesso que em alguns momentos me emocionei bastante e quase chorei.

Então achei uma história OK. Não é ótima mas também não é ruim. Acho que eu tinha expectativas altíssimas para esse livro que, obviamente não foram cumpridas, mas mesmo assim acho que para os românticos de plantão vale a pena a leitura.

A autora é brasileira e escreve bem. A narrativa é fluida e gostosa. Fora que é bem curtinho. 😉

Bjs
Marina

Livros da Semana 60

Bom dia gente,

Consegui voltar ao ritmo normal de leitura – 3 livros por semana – porque graças a Deus me adaptei na academia e já não estou mais tão exausta!!! \o/\o/\o/ rsrs

Além disso saiu o tão aguardado trailer de 50 Tons de Cinza. Eu não li o livro (a Julia leu mas não fez resenha para o blog – maldita! hehehe), mas quero assistir o filme. E vocês, estão asiosos?

Livros da Semana:

A Menina Submersa: memórias Nota: 4.5/5
Como Treinar O Seu DragãoNota: 4/5
A Ruiva Misteriosa (digital) – Nota: 3.5/5

Próximos Livros:

Consegui encontrar Os Três gratuito na internet, The 100 – Os escolhidos, Sempre Teremos o Verão e mais uma série de livros. Estou fazendo o seguinte: escolhendo aleatoriamente na hora de ligar o kobo e vamo que vamo! kkkk

Livros Desejados:

Adorei a premissa de O Doador de memórias (relançamento do livro O Doador) e atualmente é o que eu mais quero. 😉

Também gostei muito de Level 2 e pretendo comprá-lo.

Até a próxima semana. 😀

Bjs
Marina

Como Treinar O Seu Dragão – Livro 1

LV343912_NComo Treinar O Seu Dragão
De Cressida Cowell
Editora Parceira: Intrínseca

Sinopse oficial: Soluço Spantosicus Strondus III foi um extraordinário herói viking. Chefe guerreiro, mestre no combate com espadas, era conhecido por todo o território viking como “O encantador de dragões”, devido ao poder que exercia sobre as terríveis feras. Mas nem sempre foi assim…

Neste livro estão as memórias da época em que Soluço era apenas um garoto normal. Muito normal. Nem um pouco heroico. Ele precisava desesperadamente capturar e treinar um dragão, e teria de ser o animal mais impressionante de todos. Mas tudo o que conseguiu foi uma criaturinha pequena e banguela, nada ameaçadora. Foi então que seu destino de herói começou a ser traçado.

Inteiramente ilustrado, com muita ação e o tipo de humor que arranca gargalhadas até dos mais carrancudos, Como treinar o seu dragão é o primeiro livro de uma série que é sucesso mundial, escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell, autora premiada de obras infantis e infantojuvenis.

Minha opinião: Fofo! *-*

Para minha surpresa, a história não é a mesma do filme. Pela sinopse eu juro que achei que ia ser pelo menos parecida, mas tirando alguns nomes de personagens e os dragões de fato, as duas não tem tanto em comum…

Soluço é muito reservado, estudioso e não gosta de brigas – definitivamente não se encaixa como um Viking, mas, o ponto chave é a percepção de que nem sempre a força bruta prevalece e a inteligencia se torna a maior arma contra os inimigos. Ao longo do livro ele tem que aprender a virar um líder e um herói, além de treinar seu dragão muito bonitinho mas bem insolente – a sorte é que ele fala com dragões (adorei isso, sério!).

É uma história bem bonitinha (e não nego que é super juvenil – haha), engraçada e fofa, mas gostei mais do filme. Acho que a mensagem passada por ele e até o desenvolvimento da amizade dos humanos com os dragões foram mais bonitas. Me tocaram mais…

Mas assim como adorei o filme adorei o livro! Fora que ele é lindo, cheio de desenhos e páginas bem elaboradas então isso dá um toque diferente. 😉

foto1

 

foto2

(perdoem as fotos, não sou muito boa com a câmera rsrs)

Então recomendo a leitura! Ela é super rápida e bem jovem mesmo (beirando o infantil), portanto vale a pena dedicar um tempinho para ela. 😉

Bjs
Marina

 

Brilho – Em Busca de Um Novo Mundo Livro 01

BRILHOBrilho
De Amy Kathleen Ryan

Sinopse: A Terra não existe mais, e em duas naves que procuram um novo mundo no espaço, uma menina de 15 anos precisa casar e engravidar para garantir a sobrevivência da humanidade. Enquanto isso, uma sucessão de acontecimentos eletrizantes torna a jornada pelo espaço algo absolutamente imprevisto. Temas como religião, a escolha da mulher e a ideia de poder e dominação vão aparecendo muito suavemente articulados ao longo da trama, amarrando o leitor com surpresas e reviravoltas estonteantes. São temas universais, postos num livro por uma escritora surpreendente e que promete arrasar a cena literária a partir desta sua fantástica criação.

Minha opinião: Muito bom, porém não tão bom quanto eu esperava.

A impressão que eu tive com esse livro foi de que comecei a ler, pisquei, e já tinha terminado. Poucos livros passam tão rápido quanto esse, mas acho que foi um conjunto de fatores: a escrita fluida, os acontecimentos, o rumo da história, os personagens…

Outro fato sobre a narrativa que deixou a história muito interessante é que ela é dividida em blocos com vários capítulos. O primeiro bloco é narrado pela Waverly e pelo Kieran, depois temos alguns blocos narrados apenas por ela, outros narrados apenas por ele, até o último bloco que tem capítulos alternados novamente.

Como é de se imaginar, Waverly e Kieran são os personagens principais. Ela, guerreira, mas ao mesmo tempo sensata e amável, é uma ótima protagonista. Já com ele não me empolguei muito. Gostei mais de Seth, outro rapaz, e acho que ele deveria ser protagonista. Se não foi desse volume, pelo menos podia ser do próximo…

A história foi boa e me surpreendeu pois tem muitos aspectos religiosos. Vários temas que levam a discussões que terminam envolvendo religião são abordados, além do próprio culto aos domingos e da fé em Deus e num pastor. Não esperava esse tipo de abordagem, mas não achei ruim. Combinou com o que estava acontecendo no momento e fez muito sentido.

No geral achei uma ótima história. Só não me empolguei tanto quanto achei que ia.. talvez por ter sido tão rápida, não sei… Mas recomendo! 😉

Bjs
Marina

Livros da Semana 59

Olá pessoal,

Nessa semana recebi meu livro que comprei na loja da Editora Valentina: Destino Mortal. Veio com vário brindes e mimos, então amei!!! 🙂 Fora que o livro é bem grosso, fiquei até surpresa com o peso, não sei se consigo levar na bolsa para ler no caminho do trabalho.

Além dele recebi também da nossa editora parceira (Intrínseca) Como Treinar O Seu Dragão, com a nova capa do filme. Amei! Vou logo começar a leitura na semana que vem 😉

IMG_20140717_221430124_HDR

Fora isso tive pouquíssimo tempo para ler, então consegui terminar apenas um livro. Mas foi um que eu estava MORRENDO de vontade de ler desde o ano passado, então considero um sucesso! rsrsrs

Acho que vou ter que reduzir de novo o número de posts no blog se continuar nesse ritmo… agora com a academia eu estou MORTA gente. Sério! Estou dormindo 9h30 da noite o.O Mas isso vai passar quando eu me acostumar… espero!

Livros da Semana:

The Taking (inglês e digital) – Nota: 5/5

Até cheguei a começar A Menina Submersa, mas estou nas primeiras páginas então ainda não tenho uma nota para ele (mas so far so good).

Próximos Livros:

Nossa, estou seriamente em dúvida: além de ter comprado vários livros legais eu ainda baixei MUITAAAA coisa boa esses dias na internet, então tenho diversos epubs em português e em inglês na fila. Honestamente não sei qual será o próximo… rsrs

Livros Desejados:

Atualmente Proibido é o meu maior desejo. Já combinei com uma amiga de ir na Bienal do Livro em São Paulo, então estou guardando para comprar Cidade do Fogo Celestial, Proibido e alguns outros desejados por lá 😉

Por enquanto é só, vejo vocês na semana que vem. ^^

Bjs
Marina

Protagonistas odiáveis

Oi gente,

Há alguns dias eu vi uma publicação no Facebook sobre protagonistas insuportáveis, e achei uma ótima ideia fazer um post sobre isso. 😉

Há uma ou outra discordância de pessoas que até se identificam com esses protagonistas, mas duvido que alguém não ache pelo menos UM desses insuportável! rsrsrsrs

Mas vamos lá:

Ever Bloom
Saga Os Imortais (veja aqui o primeiro volume)

Essa está no topo das protagonistas insuportáveis: ela não consegue parar de fazer fazer besteira. Sério! Ela ferra tudo SEMPRE! E é muito burra gente! Impossível gostar dela. Em alguns livros ela melhora um pouco mas no final é sempre cagada atrás de cagada (desculpem a expressão). Eu gosto da série, mas ela como protagonista me desanima muito!

Zoey Redbird
Saga House of Night (veja aqui o primeiro volume)

Não foi em todos os volumes que odiei essa personagem – acredito que até o 4º livro eu gostava dela… Mas o problema com sagas muito grandes é que uma hora as atitudes do personagem começam a pesar, e com ela foi a mesma coisa mas um pouco pior: ela foi se transformando numa pessoa totalmente diferente. Esse aspecto aumentou ainda mais minha birra por ela. Mas o principal defeito é sua incapacidade de tomar decisões (principalmente amorosas) e sua habilidade incrível de colocar a todos em perigo só porque quer e porque tem vontade.

Patch
Saga Hush, Hush (veja aqui o primeiro volume)

Bom, taí uma pessoa que a maioria gosta mas eu odiei: para mim ele passou dos limites no quesito “cara misterioso” e virou um cara idiota que maltrata de propósito a menina que “diz que gosta” e tem atitudes babacas e egoístas a maior parte do tempo. ARGH! Detesto ele.

Alma
Saga Escuridão (veja aqui post com livros abandonados)

Como esse próprio post que eu fiz já diz, não consegui terminar esse livro por conta justamente da personagem principal. Ela conseguiu a proeza de me fazer desistir unicamente por conta da sua personalidade. Acho que a autora foi muito infeliz na criação dela, porque tudo bem uma pessoa ser meio obscura, mas essa menina realmente é fria, chata, cruel, sem coração, sem sentimentos, burra, insolente, prepotente, e por aí vai… Desculpa, mas não deu! :p

Laura
O Caso Laura (veja aqui post sobre o livro)

Depressiva demais. Meu Deus, essa mulher é um poço de negatividade! Ela conseguiu me deixar afundada em depressão quando terminei a leitura do livro, então isso por si só já é um bom motivo para odiá-la. Ela é tão negativa e sofrida que é impossível sentir empatia, ela passa dos limites de dó que se pode ter por uma pessoa – e acho que o objetivo do autor era mesmo que ficássemos com dó dela, mas não rolou.

E vocês? Tem algum personagem muito odiado que ficou marcado para sempre? Concordam com esses que escolhi?

Lembrando sempre que gosto é gosto e muitas vezes alguém que não agrada a alguns é bem interessante para outros 😉

Bjs
Marina

Amnésia – Alterados Livro 01

AMNESIAAmnésia
De Jennifer Rush

Sinopse oficial: Quando você não pode confiar em suas lembranças, em quem acreditar? A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram.

Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida.

Minha opinião: AMEI! Achei fresco, diferente, denso… e imprevisível. Juro que mudei de opinião sobre todos umas mil vezes até o final! Tem todo o “estilinho” de livros que eu gosto: a menina apaixonada pelo rapaz, um grande mistério, uma agência secreta, correria, etc etc etc…

Anna é ótima. No começo senti que ela era uma menininha inocente e iludida. Como não se apaixonar pelo cara misterioso e lindo que mora no porão da sua casa??? Previsível. Mas, ao longo do livro, vamos descobrindo que tem muito mais história e ligações entre eles que poderíamos prever. Fora que ela é muito mais durona do que poderíamos imaginar…

Mesmo assim, em nenhum momento do livro torci para o Sam (o cara que ela ama). No começo torcia para o Trev, mas no final comecei a torcer pelo Nick. Já o Cas, guardei para mim mesma porque simplesmente o amo ❤ kkkkk

Todos os personagens tem segredos que não são revelados até o fim, então realmente não sabemos o que esperar, em quem confiar, etc. Muitas vezes fiquei tão surpresa que pensava: – PUXA! Como eu não suspeitei desde o princípio??? rsrs Mas de fato temos muitas reviravoltas. 😉

A leitura é fantástica: muito tranquila, leve e divertida. Levei menos de uma noite para terminá-la porque simplesmente fui devorando e não conseguia mais parar. Recomendadíssimo!!! Com certeza se tornou um favorito 😉

Agora para tudo: que capa horrorosa é essa??? Podiam ter mantido a capa original, bem mais instigante:

ALTERED

Bjs
Marina

Silo – Silo Livro 1

SILOSilo
De Hugh Howey

Sinopse oficial: O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade? Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo.

Em uma paisagem destruída e hostil, em um futuro ao qual poucos tiveram o azar de sobreviver, uma comunidade resiste, confinada em um gigantesco silo subterrâneo. Lá dentro, mulheres e homens vivem enclausurados, sob regulamentos estritos, cercados por segredos e mentiras.

Para continuar ali, eles precisam seguir as regras, mas há quem se recuse a fazer isso. Essas pessoas são as que ousam sonhar e ter esperança, e que contagiam os outros com seu otimismo.

Um crime cuja punição é simples e mortal.

Elas são levadas para o lado de fora.

Juliette é uma dessas pessoas.

E talvez seja a última.

Minha opinião: Não foi o que eu esperava. Não que não tenha sido bom, apenas não era essa a ideia que eu tinha em mente quando comecei a ler o livro.

Para começar, ele se diferenciou pelo fato de que nenhum dos protagonistas eram adolescentes ou jovens adultos. A maioria deles era maior de 30 e poucos anos. Alguns já eram até idosos, então não é que eu não goste de protagonistas adultos, mas estava esperando algo mais na linha de Divergente e Jogos Vorazes com protagonistas mais jovens. Foi apenas diferente.

Outra coisa é que demorou muito para a “heroína” aparecer. O livro é dividido em 5 partes e ela só aparece na terceira (ou no final da segunda… não lembro). Depois, quando já estava na metade do livro, é que fui entender que o autor escreveu vários contos e que esse livro é um compilado dos 5 primeiros contos a respeito do SILO. Depois dessa informação entendi que os dois primeiros contos foram uma espécie de introdução, e consegui seguir melhor o raciocínio dele.

Fora esses aspectos diferentes, senti que ele se assemelhou mesmo a um clássico! Na capa está escrito isso, mas eu não achei que essa informação fosse tão precisa. Ele é MUITO bem escrito, MUITO bem elaborado, bem composto… é uma super história cheia de entrelinhas e um certo “terror” psicológico também. A pressão que você sente ao ler o livro é muito forte. Eu fiquei genuinamente abalada!

E é uma história triste, desesperadora… uma perfeita distopia! Senti que ele conta uma história fabulosa, marcante e perturbadora que ficará nas minhas lembranças por um bom tempo.

A narrativa é tranquila e feita sobre diversos pontos de vista. No final ficamos LOUCOS com essa divisão, porque queremos acompanhar um caminho mas toda hora temos que ver os outros… é tenso mesmo!!!

Então realmente gostei e recomendo esse livro, mas agora vocês já sabem que não é uma distopia semelhante às outras até então… é um clássico, muito mais adulto e sinistro.

Bjs
Marina

Livros da Semana 58

Bom dia leitores queridos,

Animados para a final da copa amanhã? Eu queria é mais copa e mais Brasil rs, mas infelizmente não foi dessa vez 😦

Também infelizmente acabarão as dispensas do trabalho e o meu tempo de leitura será reduzido 😦 Ainda mais reduzido por conta da academia, que comecei nessa semana e já notei uma boa diminuição do ritmo… mas vamos acompanhar e #oremos para que eu consiga emagrecer logo e sair dessa! rsrsrs

E agora a novidade mais feliz de todas: Forbidden já tem capa nacional e lançamento previsto para julho!!! \o/\o/\o/

Para quem não conhece o livro nós já fizemos uma resenha sobre ele neste ano: Forbidden (resenha).

Em português o título será Proibido e abaixo a comparação da capa inglesa x a capa brasileira:

forbiddenXproibido

(honestamente, não gostei da capa)

Agora vamos aos Livros da Semana:

Incendeia-meNota: 5/5
IniciadaNota: 4.5/5

Próximos Livros:

Acho que vou de A Menina Submersa e The Taking (consegui o arquivo em epub desse livro – em inglês – e estou LOUCA para ler!).

Livros Desejados:

Cidade do Fogo Celestial – mas consigo esperar um pouquinho rsrsr tenho muitos livros novos para ler ainda 😉

É isso, até a semana que vem.

Bjs
Marina

Quando Eu Era Joe – Joe Livro 01

QUANDO_EU_ERA_JOEQuando Eu Era Joe
De Keren David

Sinopse: Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos… Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome?

Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe… E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso… Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer.

Minha opinião: É um ótimo livro, mas está bem abaixo do que eu esperava. Por ter grandes expectativas acabei me decepcionando um pouco, mas nem assim deixo de recomendá-lo.

Gostei muito da história abordar o programa de proteção às testemunhas. Sempre quis saber como funcionava, como era para as pessoas que entravam nele… então foi muito esclarecedor e pude perceber que nem sempre recomeçar é fácil e dá certo. Principalmente quando você não pode compartilhar a verdade com ninguém…

Ty é um menino amável e que gostei bastante à principio. Achei até um pouco ingênuo. Mas à medida em que ele se torna Joe vai descobrindo um novo lado de si que não conhecia e que, honestamente, não me agradou. Fiquei um pouco assustada com algumas de suas atitudes e com a sua evolução. Mas no geral é um personagem forte e bom.

Sua mãe é aquela típica mãe adolescente. Em algumas horas senti pena do rumo que ela foi obrigada a tomar na vida, em outras senti pena pelo Ty. Realmente ser uma mãe aos 16 anos não deve ser fácil e as consequências psicológicas são visíveis nas atitudes do menino.

Apesar da leitura ser original e bem fácil, não achei tãaaaoo fluida. É rápida, mas não tanto quanto eu gostaria. Talvez se eu tivesse me envolvido um pouquinho mais pudesse ter sido melhor, mas no geral gostei da história. Estava apenas com expectativas muito altas.

Bjs
Marina

Paixão Sem Limites – Sem Limites Livro 01

PAIXAO_SEM_LIMITESPaixão Sem Limites
De Abbi Glines

Sinopse oficial: Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara.

Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça.

Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Minha opinião: Digo e repito que a escrita da Abbi Glines é surreal! A mulher escreve MUITO bem gente, não tem como não gostar dos livros dela!

Blaire é uma protagonista cativante. Ela pode parecer frágil por fora, mas aprendeu tanto com as batalhas da vida que é extremamente forte e corajosa. Achei até um pouco ousada, mas o fato é que ela é uma boa protagonista. Ponto.

Já Rush, o gato do livro, não podia ter causado reações mais adversas em mim: no começo eu realmente achei ele um babaca. Um safado, idiota, cretino, ridículo, etc etc etc (notam uma certa raiva? Odeio tipinhos assim rsrs). Mas no final fiquei comovida com o tanto que ele mudou em virtude da Blaire. A gente acha que ele é insensível mas ele tem sim sentimentos, embora eu ainda ache que ele continua sendo um idiotinha…

Alguns personagens secundários conseguem roubar a cena, como Bethy e Woods, que são carismáticos e muito boa gente. Eu acho que deveria ter mais história envolvendo os dois. Aliás, eu gostaria muito que isso acontecesse nessa saga 😉

A narrativa é jovem, tem alguns palavrões e umas cenas de sexo bem picantes! E, como eu disse antes, a autora escreve muito bem, então é muito fluido e gostoso de acompanhar.

No geral achei um ótimo livro! Recomendo sim, mas, honestamente, estou um pouco cansada desses New Adult… no final parece que as histórias são sempre as mesmas sabe: garota com passado problemático encontra garoto com passado problemático e os dois acabam tendo uma história conturbada para ficarem juntos.

O final não foi o que eu esperava, mas entendo a atitude da protagonista. Ainda estou esperando os próximos volumes para ver como essa história vai acabar (porque como a própria autora escreve, ela ainda não terminou…).

Bjs
Marina

Livros da Semana 57

Oi pessoal,

Semaninha ótima: todos os meus livros chegaram!!!! \o/\o/\o/

IMG_20140703_223550660_HDR

Incendeia-me,  A Menina Submersa, Um Caso Perdido e Iniciada.

Não aguentei e no fim de semana fiz a festa! rsrs Agora também estou pobre e vou dar uma segurada nas comprinhas… (apesar de que comprei mais um último livro hoje – me segura!)

Já que todas as compras chegaram juntas, mudei minha opinião de qual leria primeiro… A Menina Submersa parece ser muito fantasioso, então comecei por Incendeia-me . Mas ainda estou tãaaaao no comecinho da leitura que nem adianta colocar uma avaliação para vocês 😦

Livros da Semana:

Mentiras (digital) – Nota: 4.5/5
Partials (digital) – Nota: 5/5 (AMEEEEII)

Próximos Livros:

Óbvio que vou acabar com esses novos antes de pensar em qualquer outro, hehe mas não sei ainda a ordem de leitura. Acho que vou incluir nessa lista o segundo volume de Partials: Fragmentos.

Livros Desejados:

No momento só faltam Místico e Revelada para completar meus most wanted 🙂 Quem sabe no mês que vem…

Até a próxima!

Bjs
Marina

Correr ou Morrer – Maze Runner Livro 1

CORRER_OU_MORRERCorrer ou Morrer
De James Dashner

Sinopse oficial: Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.

Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar – chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo.

Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito.

Minha opinião: Tudo começou quando eu vi o trailer do filme baseado nesse livro e me apaixonei. Pensei: PRECISO ler! Deve ser muito bom!!! Então minhas expectativas eram altas.

Posso dizer, muito feliz, que o livro estava totalmente à altura dessas expectativas!!!! \o/ Correr ou Morrer foi uma daquelas leituras que te prendem desde as primeiras páginas – é tudo muito secreto, você é jogado no meio da história sem saber de nada, então somos “forçados” a ler os próximos capítulos querendo descobrir tudo. Foi uma ótima sacada do autor, é mistério que não acaba mais e tudo só é revelado MESMO no epílogo!!! Ou seja: é fantástico!!!

Uma outra coisa muito legal do livro é que nem o personagem principal é alguém que conhecemos bem. Nem ele mesmo se conhece, então vamos simpatizando com ele ao longo dos capítulos e em consequência das suas atitudes e das coisas que descobrimos. Uma coisa é certa: ele é muito corajoso! (preciso dizer que me apaixonei por ele? Não? Já ficou óbvio? rsrs)

O labirinto… o que falar sobre ele? É como algo que te chama e você quer ir atrás, mesmo sabendo de todos os riscos. Juro que fiquei intrigada até o final a respeito dele, tentando descobrir qualquer coisa para sair de lá. Aliás, o final não me agradou 100%. Estava bem tentada a dizer aqui que não tinha gostado em NADA, mas depois do epílogo mudei de opinião. Sinto que ainda vem muitas aventuras por aí e mal posso esperar pelo próximo livro! 😉

Recomendadíssimo!!!

Segue o trailer do filme para quem quiser ver:

Bjs
Marina

Convergente – Trilogia Divergente livro 3

CONVERGENTEConvergente
De Veronica Roth

Sinopse: A sociedade baseada em facções, na qual Tris Prior acreditara um dia, desmoronou – destruída pela violência e por disputas de poder, marcada pela perda e pela traição. No poderoso desfecho da trilogia Divergente, de Veronica Roth, a jovem será posta diante de novos desafios e mais uma vez obrigada a fazer escolhas que exigem coragem, fidelidade, sacrifício e amor.

Minha opinião: Estava bem receosa com esse livro pois a maioria das classificações que vi foram 3 estrelas e meia, então estava esperando algo no nível de A Esperança – Jogos Vorazes Livro 3. Mas, fico feliz em dizer que “gosto é gosto e não se discute!”, então eu AMEI o livro! Para mim foi o final perfeito para essa trilogia! ❤

Tris realmente virou uma líder nesse 3º volume. Claro que ainda acho que o poder lhe subiu à cabeça, e que algumas atitudes dela são um pouco precipitadas, mas ela é uma adolescente de 16 anos gente… QUEM em seus 16 anos era totalmente consciente de suas ações???

Já o Quatro me decepcionou um pouco… achei que ele foi tão bom no primeiro livro que ia continuar assim, mas aquele menino corajoso, diferente e interessante foi, ao longo da série, se tornando uma pessoa fraca, insegura e um pouco “covarde”. Acho que no final ele consegue se recuperar e virar o Quatro do primeiro livro novamente, mas isso acontece apenas nas últimas páginas…

Como toda distopia, não podíamos esperar que esse desfecho fosse suave: temos guerra, violência, mortes e conspirações governamentais. Mas sabe que foi muito diferente do que eu estava esperando? Gostei do que foi mostrado, gostei das atitudes tomadas e do rumo da história. Não aconteceu tanta “devastação” como eu esperava, mas as poucas que aconteceram foram de extrema importância.

Acho que talvez o livro tenha me agradado tanto exatamente porque não achei tão devastador. Sou uma romântica, e sempre quero que tudo acabe bem… rsrs Não acabou TUDO bem, obviamente (hello, distopia! hehe), mas gostei do final que a autora deu para a série. Achei romântico, a seu modo.

Resumindo: foi um desfecho perfeito para uma série perfeita! Recomendo a todos a leitura!

Bjs
Marina