Simplesmente Irresistível

SIMPLESMENTE_IRRESISTIVELSimplesmente Irresistível
De Rachel Gibson

Sinopse: Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito.

Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo.

Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele?

Minha opinião: Acho que eu tinha expectativas demais sobre esse livro. Talvez por eu ter ouvido que tudo que essa autora escrevia se tornava um sucesso absoluto, ou porque me iludi com a capa, mas o fato é que eu esperava mais e uma história diferente. Mas isso não o desmereçe! Ele é muito bom!

Primeiro a cronologia: temos um pedacinho da vida de Georgie quando criança, uma boa parte do livro que acontece nos anos 80 e o restante (a maior parte) nos anos 90. Confesso que fiquei com um certo preconceito com os anos 80, pois essa época para mim foi a mais brega das bregas… simplesmente não dava para imaginar algo sexy quando a palavra seguinte era “permanente”. rsrsrs

Mas nos anos 90 a coisa engrenou e finalmente (ao meu ver) a história saiu um pouquinho do “lugar comum” e se tornou interessante! John virou uma pessoa melhor e mais presente, além da chegada de novos personagens e uma Georgie mais madura. Mais mulher.

Para mim a construção dos personagens foi muito boa e as emoções são bem fundadas, mas muita coisa é exagerada ou acontece rápido demais. Já a narrativa me surpreendeu! Simples, envolvente e diferente, me pegou de surpresa quando percebi que os pensamentos das personagens se misturavam. Não há separação de capítulos na perspectiva de um ou de outro. É como se você imaginasse um diálogo na sua cabeça e conseguisse ver o ponto de vista de todos os envolvidos. ADOREI! Ponto super positivo!

Agora, a coisa mais FOFA do mundo é a Lexie – filha deles. Terminei de ler o livro com uma vontade louca de ser mãe. Pode isso, Arnaldo? rsrs

Durante o livro temos várias cenas BEM quentes (que me pegaram de surpresa) e muito bem narradas também. Então, como diz a minha irmã: não recomendem esse livro à suas sobrinhas na flor da idade rsrs

É um livro ótimo, mas não me envolveu completamente. Apesar disso, eu recomendo para todos que apreciam um bom romance e uma boa narrativa! 😉

Bjs
Marina

Anúncios

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s