A Estrada da Noite

A_ESTRADA_DA_NOITEA Estrada da Noite
De Joe Hill

Sinopse: Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne, coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.

“Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto…”

Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas – o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.

Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.

O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente – verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.

Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite – e nada é exatamente o que parece.

Minha opinião: Comecei a ler esse livro com a mais alta das expectativas afinal, Joe Hill é o pseudônimo utilizado pelo filho do Stephen King, mas só me decepcionei. Não posso classificá-lo como terror, mas sim como Suspense.

Esperava mais… algo tenebroso, afinal ouvi maravilhas sobre o filho dele. Mas a história em momento algum congelou meus ossos ou me causou o terror que eu esperava sentir. Foi bem fraquinha.

A história é narrada do ponto de vista do Jude, e desde o começo já apresenta seus elementos assustadores como o fantasma do paletó, então desde o primeiro capítulo já temos suspense e uma boa dose de sobrenatural.

No geral as coisas se desenrolam muito bem: os mistérios são desvendados, muitas coisas são explicadas, segredos do oculto são revelados e um romance é desenvolvido. Um prato cheio para os amantes de uma boa história de suspense. Infelizmente esse não é o meu caso. rsrs

Bjs
Marina 

Anúncios

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s