Perdida – Carina Rissi

Oi gente,

Para fechar a semana dos namorados vim falar sobre um  livro super romântico que li e amei: Perdida da Carina Rissi

perdidaSinopse oficial: Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…

Bom, no dia em que descobri a existência deste livro, decidi que tinha que lê-lo, afinal um romance que se passa no século XIX entre uma jovem “transportada” do século XXI e um jovem da época já me animou geral. Não vou dizer que esta  ideia é nova, até por que este enredo me lembrou muito a série Lost In Austen, que também trata de uma moça da nossa época que é transportada, mas neste caso para dentro da história do livro Orgulho e Preconceito escrito pela Jane Austen ( falamos dela no post sobre Orgulho e Preconceito). Fora  o “teletransporte” outra semelhança que percebi é a fascinação da Sofia (personagem principal do livro) assim como a de Amanda (principal personagem da série)  pelos livros da Jane Austen.

Fora essas coincidências básicas, preciso dizer que gostei muito deste livro, até que ao longo da leitura fiquei tão empolgada com o romance que senti até aquele frio na barriga, sabe? Adoro livros que conseguem transmitir os sentimentos dos personagens sem parecer infantis ou muito dramáticos, para mim o romance estava na medida certa.  Tudo bem, admito que histórias de época sempre mexem comigo e talvez isso tenha ajudado, mas eu adoro esses romance que estão acontecendo, mas ainda não aconteceram, sabe? Não né… expliquei mal.. eu adoro aquela fase de que os dois estão se gostando mais ainda não admitiram em voz alta, ou não tomaram uma atitude, ou não se declararam um para o outro, sabe? Mas se você pensa que por se tratar do século XIX vai ser o tempo todo assim… pode desistir de recomendar este livro para aquela sua sobrinha na pré adolescência… afinal tivemos direito a diversas cenas calientes (até mesmo na carruagem uhu :))…… acredito que nada no estilo 50 tons mas achei bom avisar…..

Então, acho que o fato do Ian ser meio um príncipe de conto de fadas (tipo o homem perfeito) e no começo do livro ficar meio falsa a inadequação da Sofia na época (afinal, nenhuma leitora que se diga fã de Jane Austen ia cometer  alguns erros que a Sofia teimava em repetir… helloooo………. regra número 1 sempre se dirigir aos outros como senhor, senhora ou senhorita) foram necessários para a história funcionar do jeito que funcionou.

Apesar de não ter altos dramas ou aventuras, e ter um “toque” de conto de fadas, super recomendo para quem esteja com vontade de ler um romance de época com uma linguagem mais atual ou apenas queira se empolgar com uma história de amor. Mas já aviso que vai ser difícil não se “apaixonar” pelo Ian.. hihihi

Bjos,

Julia

Anúncios

8 comentários sobre “Perdida – Carina Rissi

  1. Nossa preciso ter esse livro, quero conhecer esse Ian haha muito boa sua resenha parabéns. Já estou seguindo o blog. Este é o meu , se puder dar uma olhadinha e seguir de volta ficarei mt feliz castelodemarshmallows.wordpress.com bjs

  2. Ainda não li perdida, li primeiro Procura-se um marido e amei…sabe aqueles livros que vc termina de ler e fica deprimida porque acabou?? Foi esse meu sentimento!!!Uma amiga minha já leu os dois e amou os dois. Estou lendo No limite da Atração e estou adorando!! Vamos ver como evolui! Abraços

  3. Eu li esse livro em uma noite, me encantei e não consegui parar. Preciso dizer que o que eu mais gostei na sua resenha é que finalmente encontrei alguém que gosta da mesma “parte” do romance que eu. Exatamente como você descreveu, descobrindo que estão apaixonados mas sem tomar uma atitude. Gosto quando os livros retratam essa parte mais demoradamente, na maior parte eles são tão imediatistas, conheceram já estão juntos se amando. Enfim, era isso, parabéns pela resenha!

    1. Oi Estela,

      Muito obrigada, fico feliz que você gostou! 🙂

      É sempre bom encontrar pessoas que tbm gostam dos livros que retratam a parte da conquista e do “se apaixonar”.

      Se souber de algum outro nesse estilo, estamos aceitando indicações… hihi

      Bjos,

      1. Acabei de ler esse livro e vim aqui relembrar a resenha dele. Eis que encontro duas pessoas que gostam exatamente do que eu gosto com relação a descoberta do amor nos livros. Estela e Júlia tiraram as palavras da minha boca! 🙂

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s