Trilogia “As Crônicas de Artur” – O Rei do inverno

Oi gente, hoje vim falar sobre um dos livros da minha adorada trilogia das Crônicas de Artur, “O Rei do Inverno” escrito por Bernard Cornwell.

Bom… depois de saber que este livro contava a história de Artur eu decidi que teria que lê-lo a qualquer custo! Afinal A-D-O-R-O uma história medieval, ainda mais se tiver algo haver com o Rei Artur, Merlin e etc., portanto tudo que eu pensei foi: este é O livro.

E talvez por ter me animado muito tenha me decepcionando um pouquinho, mas  acalme-se, apesar disso o livro é muito bom! O problema foi que este primeiro livro da Trilogia demorou um pouco para se tornar interessante. Por que? Porque demorou um pouquinho para  que os personagens que me interessavam  aparecessem.. afinal o livro é como se fosse uma biografia do Derfel… e aí você me pergunta…  quem é Derfel? Derfel foi dentre muitas coisas amigo e companheiro de batalhas de Artur.

O livro começa com o Derfel  (quase nas últimas) contando sua história para a amável rainha Igraine.  Ele narra o nascimento de Mordred, sua história de sobrevivência quando criança, suas aventuras ao lado de Merlin e suas batalhas ao lado de Artur. Se o Derfel no começo do livro deixou a história meio boring (desinteressante), depois de conhecer Arthur a coisa melhorou e muito!! E é aí que eu considero que começa realmente o livro, porque temos as guerras, os romances, Artur, Guinevere, Nimue, Morgana, Merlin, Mordred, Lancelot, Cewin, (não vou contar spoilers sobre a personagem + ela é muito importante para a história).

Mas acalme-se…  se você não conhece os personagens ou a história, não se preocupe… eles não aparecem todos de uma vez,  Derfel vai conhecendo os personagens ao longo dos livros. Agora se você já os conheçe vai se surpreender, pois eles não são exatamente como os conhecemos… afinal Artur não é Rei, Lancelot não é encantador, e Merlin.. bom.. não se sabe ao certo se ele é mesmo assim tão poderoso… ficou curioso?

A história retrata uma visão sobre a Lenda do rei Artur, onde a magia nem sempre é magia, onde um regente é tratado como rei, e onde Derfel é peça fundamental para o andamento da história.

Enfim… tenho muito para falar sobre essa trilogia, até por que me apaixonei pela maneira como Bernard Cornwell escreve o livro, ou melhor, me apaixonei pela história contada por Derfel…+ vou deixar para comentar mais quando escrever sobre os outros livros.

Portanto recomendo para os fascinados pela lenda de Artur, aqueles que gostariam de conhecer outra versão sobre a lenda, aqueles que gostam de uma aventura épica, aqueles que gostam de mergulhar nas batalhas medievais, aqueles que adoram mistério e magia, e até para aqueles que gostam mesmo é de detalhes. Porque sejamos honestos: Bernard Cornwell é um pouquinho (bastante) detalhista para alguns, mas vale a pena porque ele realmente te transporta para a história e te faz não querer mais sair dela!

Bjuss

Ju

Anúncios

Deixe sua opinião ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s